TRANSIÇÕES ENTRE O MEIO SOCIAL DE ORIGEM E O MILIEU ACADÊMICO: discrepâncias no percurso de estudantes oriundas de escolas públicas na universidade de Brasília

Wivian Weller, Nicolle Pfaff

Resumo


O presente artigo objetiva demonstrar as potencialidades do conceito de milieu para a análise e compreensão das discrepâncias entre meio social de origem e o meio acadêmico entre estudantes universitárias oriundas de escolas públicas. Destaca a importância da educação formal na construção de espaços de experiências conjuntivas, e nos processos de formação e integração aos milieux constituídos no contexto acadêmico. Apresenta dados de pesquisas realizadas na Universidade de Brasília no período de 2006 a 2010, coletados em dois momentos, ou seja, entrevistas realizadas com estudantes na fase inicial/intermediária e na etapa final de seus respectivos cursos, cuja análise permite afirmar que as diferenças existenciais resultantes das diferenças sociais e da falta de um sistema de relevância comum entre os estudantes universitários, geram obstáculos e dificuldades de compreensão comunicativa entre os grupos estudantis, dificultando a formação de novas coletividades e de novos milieux.



Texto completo:

HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427