A diversidade cultural na formação do licenciado em Ciências Sociais: a experiência do núcleo docente estruturante da UPE

Nadia Patrizia Novena, Maria Antonieta Albuquerque, Artemis Cardoso Holmes

Resumo


Resumo

Visa analisar como no Projeto Pedagógico do Curso de Ciências Sociais(PPC de CS) da Universidade de Pernambuco(UPE) se organizam as concepções e ideias do que deve ser ensinado-aprendido sobre a pluralidade/diversidade sociocultural, manifestadas na estruturação das divisões sociais. A metodologia fundamenta-se na Análise de Conteúdo (Bardin, Bauer; Gaskell), onde emergiram as categorias de análise: paradigma “pluriuniversitário”(Santos); igualdade/diferença; política educacional brasileira para PPC de CS; flexibilização curricular e desenho do perfil do egresso relacionado à diversidade cultural, na perspectiva de Boaventura dos Santos sobre a crise do paradigma universitário. O Projeto investigado reflete conflitos entre a formação do estudante e/ou cliente no perfil do egresso. As observações apresentadas contribuem para o debate de concepções registradas em PPC para a formação de professores em CS, na atualidade, em vista da diversidade social/cultural. Registram-se na Legislação Educacional Brasileira espaços para ambiguidades na orientação dessas relações e para a definição dos seus elementos estruturantes. Consequentemente, pode promover: flexibilidade do currículo (organização de especificidades dos cursos e inclusão da diversidade), e/ou criar condições não críticas para que se negligenciem a natureza da autonomia universitária e o lugar do conhecimento cientifico na formação de professores.

 

Palavras-chave

Paradigma pluriuniversitário. Diversidade sociocultural. Flexibilização curricular. Projeto pedagógico de curso.

 

______________________________________________

Abstract

The cultural diversity indicates how the Political Plan of Social Science Course (PPC) in Pernambuco University organizes the ideas about what has to be taught and learned about plurality / cultural diversity in the social divisions structures. The methodology was based on the content analysis (Bardin, Bauer and Gaskell) and its categories as thematic analysis are: paradigm of pluri diversity knowledge, changings in the focus of equality / differences in the Brazilian educational policy to the political plan of Social Sciences course, curricula flexibility and profile drawing of graduated based on cultural diversity and the crisis of the pluri diversity paradigm described by Boaventura Santos. The project reflects the conflict between the student formation and the graduation customer profile. The observations contribute to discuss the PPC on Social Science and in teachers formation, also it contributes to the view of social and cultural diversity. The Brazilian Educational Legislation leaves ambiguous spaces to PPC elements. Thus, it promotes the curriculum autonomy/flexibility and includes the diversity. On the other hand, it neglects the autonomic nature of university knowledge.

 

Keywords

Pluriversity paradigm. Social cultural diversity. Curriculum flexibility. Pedagogical design of the course.


Texto completo:

HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




@ 2012 - PPGS - Revista do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da UFPE.

ISSN Impresso 1415-000X

ISSN Eletrônico 2317-5427