v. 5, n. 1 (2020)

Editorial

Essa edição da Revista Rural & Urbano apresenta a diversidade de possibilidades de se tratar essa temática multidisciplinar, a qual pode ser analisada em diferentes contextos e perspectivas, tomando por base distintos métodos científicos e metodologias. São abordadas questões urbanas, rurais, rurais-urbanas, econômicas, culturais e etnográficas. A contribuição dos autores vem no sentido de ampliar o debate referente a esta realidade complexa e muitas vezes contraditória.

O primeiro artigo “A protoverticalização na região administrativa norte de Natal-RN” parte de uma abordagem sobre o urbano, em que se analisa a expansão do processo de verticalização na periferia de Natal – RN. Essa expansão pautada na protoverticalização tem ocasionado a transformação na paisagem do Setor Administrativo Norte de Natal, trazendo novos conteúdos do processo de reprodução do capital através da produção do espaço.

O segundo artigo “As relações rurais e urbanas no povoado Lagoa de Juazeiro – BA” discute teoricamente as atuais concepções e relações acerca do rural-urbano, tomando como estudo de caso para análise o povoado de Lagoa do Juazeiro na Bahia. São analisadas as condições de vida desta população neste povoado a partir da disponibilidade de infraestrutura e serviços públicos, como também as relações sociais que se estabelecem, tendo em vista a presença do urbano em um espaço considerado rural.

O terceiro artigo “As transformações socioeconômicas decorrentes da confecção do jeans na cidade de Surubim – Pernambuco” aborda as transformações socioeconômicas em um município do agreste pernambucano em função de desenvolvimento do ramo têxtil. É interessante destacar que o município tem como principais atividades econômicas o comércio e a pecuária leiteira, mas a confecção passa a integrar a economia do município como atividade central. É a partir das relações de trabalho entorno da confecção do jeans que são analisadas neste artigo as recentes transformações socioeconômicas em Surubim.

O quarto artigo “Desenvolvimento local, participação, produtoras culturais colaborativas e movimento Conch@tiva: possíveis relações” busca relacionar as atividades culturais comunitárias desenvolvidas como o movimento Conch@tiva, na Universidade Federal de Pernambuco, como dinamizadoras de desenvolvimento local, através de processos colaborativos. Vale destacar que a posposição dessas atividades é feita por produtoras culturais colaborativas que utilizam as tecnologias sociais como ferramentas em busca de promover o desenvolvimento local a partir de atividades culturais para a comunidade universitária e do entorno da universidade.

O fechando essa edição, o quinto artigo “La “naturaleza” como aspiración: proyectos migratorios en la Paloma, Uruguay” analisa os movimentos migratórios recorrentes para a região de La Paloma no Uruguai. Essas migrações têm como motivação a busca pela qualidade de vida, pautada principalmente na ideia de proximidade da natureza. A discussão parte da concepção de “migrações por estilo de vida”. Percebe-se que a paisagem possui uma grande relevância nas escolhas dos migrantes, os quais buscam o idílico, que se aproxima do rural, porém não abrem mão da infraestrutura e dos serviços tipicamente urbanos. São relações contraditórias percebidas através do discurso dos migrantes que hoje habitam La Paloma.

E com muita satisfação convidamos vocês a lerem estes interessantes artigos que compõem a mais nova edição da Revista Rural & Urbano.

Profa. Dra. Mariana Zerbone A. de Albuquerque

Profa. Maria Rita Ivo de Melo Machado

Sumário

Artigos

Élida Thalita Silva de Carvalho, Ademir Araújo da Costa
PDF
Macsuelle Silva Santos, Altemar Amaral Rocha
PDF
Mariana Maria Silva de Lima, Arlene da Silva Alves, Gevson da Silva Andrade, Luciana Rachel Coutinho Parente
PDF
Carlos Eduardo Falcão Luna
PDF
Daniel Cajarville Fernández
PDF