Concepções e tendências de modelagem matemática na Educação Básica

Maria Salett Biembengut

Resumo


Nesta pesquisa objetivou fazer o mapeamento de produções brasileiras de Modelagem Matemática na Educação (MM), publicadas em Anais de eventos nacionais e identificar a concepção e a tendência de MM no Ensino Médio dos autores. A pesquisa se dividiu em apreensão de informações em uma amostra de 53 artigos e identificação de concepções e tendências de MM a partir do que os autores expressam nos artigos. As categorias de análise foram: justificativa de utilizar modelagem, atividade e/ou tema, conteúdos matemáticos indicados, considerações sobre MM. As expressões dos autores indicam três concepções de MM: método de ensino e pesquisa, alternativa pedagógica de matemática e ambiente de aprendizagem. Concepção que uma vez captadas por outro professor lhe conduzirá a um entendimento e, caso adote em suas atividades educacionais, firmará uma tendência. Não há como subestimar o mérito e a validade das expressões dos autores sobre Modelagem Matemática na Educação.

 

Palavras-chave: Modelagem Matemática, Educação Básica, Concepção e

 

Tendência.


 




 

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.


                                         INDEXADORES

       
 
 
  
 
   
 
 
                                          BUSCADORES 
                                  


                                                      
                                           
                                              MÉTRICAS 
 
GOOGLE ACADÊMICO: https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&user=BbrMvUMAAAAJ