APONTAMENTOS ACERCA DA GEOGRAFIA ESCOLAR NA PROVÍNCIA DAS ALAGOAS (1834-1879)

Edna Telma Fonseca e Silva Vilar, Antonio Carlos Ferreira Pinheiro

Resumo


O artigo visa apreender o movimento de conformação da Geografia escolar na Província das Alagoas entre 1834 - ano que se refere à publicação do Ato Adicional que incumbira às províncias de organizar a instrução - e 1879 - limite demarcado considerando-se a reforma Leôncio de Carvalho, empreendida no município da Corte, mas com rebatimentos nas províncias. Utilizamos como fontes os relatórios dos presidentes da Província e diretores da instrução, adotando o referencial da História das Disciplinas Escolares. Concluímos que os saberes da Geografia, ainda que a disciplina estivesse configurada naquele momento de modo incipiente, se aproximavam de um método pedagógico que visava conhecer outros países e enxergá-los como modelos de civilização nos quais o Império brasileiro deveria se espelhar. Além disso, por meio dela se difundiu o método de memorizar informações imputadas como necessárias à instrução, ainda que apenas para atender às necessidades de determinados segmentos de classes sociais.

 


Palavras-chave


História das Disciplinas Escolares, Geografia Escolar, Escolarização

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.51539/2448-0215.2015.22401

 

A revista utiliza a licença https://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/

                                         INDEXADORES

       
 
 
  
 
   
 
 
                                          BUSCADORES 
                                  


                                                      
                                           
                                              MÉTRICAS 
 
GOOGLE ACADÊMICO: https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&user=BbrMvUMAAAAJ