CONHECER A ESCOLA E ANALISAR O COTIDIANO ESCOLAR DESDE CEDO: REFORMA NO CURSO DE PEDAGOGIA DA UFPE E SUAS IMPLICAÇÕES NO ÂMBITO DAS COMPETÊNCIAS DO EDUCADOR

Alice Happ Botler, Artur Gomes de Moraes

Resumo


RESUMO Alice Happ Botler 1 Artur Gomes de Morais2 O trabalho discute a metodologia de acompanhamento e avaliação da implantação da reforma do curso de Pedagogia na Universidade Federal de Pernambuco, Brasil, através da implantação da disciplina "Pesquisa e Prática Pedagógica", que se inicia no 3° período curricular e vai até sua conclusão. Nesta perspectiva, o estágio curricular processual articula-se à formação em pesquisa, desde o início do curso, na medida em que aproxima os espaços de formação e de exercício profissional e reestrutura a prática de ensino como processo de investigação pedagógica. A proposta substitui o modelo que alocava as disciplinas de cunho prático, como estágio supervisionado, no final do curso, após as disciplinas teóricas. O estudo do tipo pesquisa participante, acompanhou durante sete semestres letivos duas turmas de alunos no decorrer de sua formação, uma do turno matutino e outra do noturno. Foram realizadas avaliações no início do processo e ao final, além de acompanhamento sistemático durante toda a investigação, através de observações e relatórios dos alunos. Dos cem alunos que iniciaram a primeira disciplina da reforma do curso, quarenta e cinco concluíram no tempo previsto. Estes estão em fase de análise de dados coletados para apresentação dos resultados de sua própria produção em Simpósio de Conclusão de Curso, previsto para agosto de 2004 e também na forma de um artigo científico para publicação. A análise dos dados oferece indícios de uma efetiva articulação entre conteúdos conceituais, procedimentais e atitudinais de nossos alunos. A vivência permitiu o desenvolvimento de uma metodologia de avaliação do processo de formação do educador a partir das experiências vivenciadas ao longo do curso de Pedagogia, que passou a incorporar a atividade intraescolar desde cedo como uma mudança paradigmática no processo de formação do educador, qualificando sua aprendizagem. Insere-se, portanto, como prática de reconhecimento e de validação das aquisições da formação e das experiências, referidas tanto no âmbito da universidade como campo de formação, quanto na esfera das escolas, como campo de investigação do educador. Palavras-chave: reforma curricular, curso de Pedagogia, formação de educadores, aprendizagens adquiridas pela experiência.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASES DE DADOS

GOOGLE ACADÊMICO

UCL INSTITUTE OF EDUCATION LIBRARY

PKP | INDEX

IRESIE-INSTITUTO DE INVESTIGACIONES SOBRE LA UNIVERSIDADE Y LA EDUCATION 

EDUBASE

Tópicos EduSEcacionais - ISSN 0101-8701 (impresso) 2448-0215 (on line)