REFLEXOES SOBRE UMA EXPERIENCIA DE TRÁBALHO COM IDSTÓRIA ORAL NA ÁREA DE EDUCAÇÃO

Paoli J. Niuvenius

Resumo


Neste texto, dentro dos parâmetros de uma comunicação em Congresso, apresento algumas informações sobre um projeto de pesquisa histórica com grande extensão e volume, que venho realizando desde .1993 e encontra-se ainda em andamento, mas, tendo sido desenvolvido em tomo de aproximadamente 20%, já permitiu a produção de uma tese de doutorado. O fato de um resultado parcial desse projeto ter se transformado em tese é uma
decorrência da mudança de ênfase metodológica, em termos de estratégia na utilização de fontes de informação. Tinha sido previsto, inicialmente, que a base principal de dados seria constituída pela predominância de docunientos, isto é, material já escrito, e de forma complementar seriam usadas informações  obtidas por depoimentos orais; entretanto, ocorreu uma inversão em termos dessa valorização de fontes, pois o material produzido nos depoimentos era de uma riqueza tão significativa e singular que praticamente "obrigou" o pesquisador a construir um relatório de pesquisa em que os depoentes e suas histórias ocupam um lugar determinante na análise pretendida.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASES DE DADOS

GOOGLE ACADÊMICO

UCL INSTITUTE OF EDUCATION LIBRARY

PKP | INDEX

Tópicos Educacionais - ISSN 0101-8701 (impresso) 2448-0215 (on line)