CRIANÇAS COM DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM E A AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA

Lair Levi Buarque Levi Buarque

Resumo


Quando a criança domina a fase alfabética da escrita, em que a representação das unidades sonoras mínimas da palavra - os fonemas - deve ser feita pelas letras, o domínio da ortografia da língua Portuguesa passa a constituir o grande desafio para os professores. É nesse momento que estes profissionais percebem, muitas vezes surpresos, que o entendimento da representação alfabética da língua não garante que a criança lide com a ortografia sem apresentar algumas dificuldades para representar completa e adequadamente os segmentos sonoros presentes nas palavras, ainda que haja uma determinada regularidade na língua Portuguesa
(Faraco, 1992)


Texto completo:

PDF

Referências


BUARQUE, L. L. Avaliação Psicopedagógica do aiWlo repetente:

concepções subjacentes - Anais do Simpósio Latino-Americano de

Psicologia do Desenvolvimento. Recife, Ed. Universitária da UFPE,

pp. 133-137, 1989.

BUARQUE, L. L., lllGINO, Z., MIRANDA, E., DUBEUX, M.H.,

PEDROSA, I. Avaliação do Desempenho da Rede Pública Escolar

do Estado de Pernambuco na Área de Linguagem Estudos em

Avaliação Educacional, Fudação Carlos Chagas, 5, pp. 95-106,

FARACO, C. A. Escrita e Alfabetização. São Paulo: Contexto, 1992.

NUNES,T., BUARQUE, L.L., BRY ANT, P. Dificuldades na

Aprendizagem da Leitura: Teoria e Prática. São Paulo: Cortez

Editora, 1992.

PARAHYBA, M. I. C. in Brandão, Z., Baeta, A. B., Rocha, A. D. Evasão

e Rçpetência no Brasil: a Escola em Questão. Rio de Janeiro: Dois

Pontos Editora, 1986.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASES DE DADOS

GOOGLE ACADÊMICO

UCL INSTITUTE OF EDUCATION LIBRARY

PKP | INDEX

EDUBASE

Tópicos Educacionais - ISSN 0101-8701 (impresso) 2448-0215 (on line)