A FINALIDADE DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR NO BRASIL; reflexões de política educacional como subsídio à nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação

Elizabeth Cassimiro de Freitas

Resumo


Considerando a definição das finalidades da educação, nos seus vários níveis, o cerne orientador do conjunto dos dispositivos da nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação, centraliza suas atenções na finalidade do ensino superior. Indica, com base no pressuposto da indissociabilidade de entre o ensino e a pesquisa, que as instituições de ensino superior públicas ou privadas, universidades ou escolas isoladas, autárquicas ou fundacionais - sejam convocadas ao cumprimento da missão de (re) elaborar e difundir conhecimentos científicos, a serviço de uma nova ordem social. Assinalando que não deve haver um abismo entre a "política dos fins" e a "política dos meios" demarca o papel do Estado e da sociedade civil junto às referidas entidades remetendo-se a temáticas como a da autonomia e gestão das instituições, a da política de financiamento e controle públicos, a da Valorização dos quadros de pessoal e a das demais condições infraestruturas


Texto completo:

PDF

Referências


ANPED. 10.• Reunião Anual. Eduo'lção Brasileira: dos dispositivos constitucionais

às diretrizes e bases. Salvador, 11 a 15 de maio de 1987. Boletim

ANPED, Rio de Janeiro, 9(2-3): 15, abr./set. 1987.

ASSEMBLÉIA NACIONAL CONSTITUINTE. Projeto de Constituição(A), da

Comissão de Sistematização. Brasília, Centro Gráfico do Senado Federal,

dez., 1987. Título VIII, Cap. 3, p. 102-106 BRASIL. Comissão Nacional

para Reformulação da Educação Superior. Uma nova política para

a educação superior. Brasília, 1985, 119p.

BRASIL. Lei n.0 5.540, de 28 de novembro de 1968, publicada no D.O. -de

12.68.

CONSELHO DE REITORES DAS UNIVERSIDADES BRASILEIRAS. Reforma

universitária: propostas e controvérsias. Estudos e .Debates, Brasília

: 11-41; 153-7; 165-70, jan. 1987.

Educação e Constituinte; implicações de uma pedagogia doo qualichde. RBEP,

Brasília, 68 (159): 401, maio/ago. 1987.

FAVERO, M.a de Lourdes de Albuquerque. Autonomia e Gestão e o Cerco à

Universidade. Comunicação apresentada na X Reunião Anual da

ANPED, Salvador, 12 a 15 de maio de 1987. Versão preliminar.

FENELON, Deá Ribeiro. O Diálogo com a história. Boletim ANPEd, Rio de

Janeiro, 9 (1): 19, jan./mar. 1987.

FRE:ITAS, Elizabeth Cassimiro de. Refletindo sobre a finalidade do ensino

superior. Recife, jan. 1988. 3f. mimeo.

GATI'I, BernadetJe. Enfrentando Desafios. Boletim ANPEd, Rio de Janeiro,

(1): 33, jan./mar. 1987.

GIANNOTTI, José Arthur. A Universidade em ritmo de barbárie. São Paulo,

Brasiliense, 1986. p. 73-4.

HABERMAS, Jürgen. Muda.nça estrutural da esfera pública. Trad. de Flávio

R. Kothe. Rio de Janeiro, Tempo Brasileiro, 1984. p. 154.

PLASTINO, Carlos Alberto .... Da perspectiva de um cientista político. Boletim

ANPEd, Rio de Janeiro, 9 (1): 13, jan./mar. 1987.

QUIRINO, Célia Galvão & MONTES, Maria Lúcia. Constituições. São Paulo,

Atila, 1986.

ROSAS, Paulo. Relatório das ativida-des realizadas na Comissão Nacional para

Reformulação da Educação Superior Brasileira. Recife, ADUFEPE, s.d.

p. 6.

SOUZA, Abberto de Mello; QUEIROZ, Rubens; VELLOSO, Jacques (relator).

Financiamento do ensino superior: recomendações. Conselho de ReitOres

das Universidadies Brasileiras. Estudos e Debates, op. cit., p. 123-32.

VELLOSO, Jacques. Educação e Constituinte: quatro questões do financia..

mento do ensino. EM ABERTO, Brasília, 5 (30): 41-52, abr./jun. 1986.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASES DE DADOS

GOOGLE ACADÊMICO

UCL INSTITUTE OF EDUCATION LIBRARY

PKP | INDEX

EDUBASE

Tópicos Educacionais - ISSN 0101-8701 (impresso) 2448-0215 (on line)