(DES)VENTURAS DE NÃO USAR MANUAL DIDÁTICO

Inah de Souza Nascimento Abejdid

Resumo


Duas conversas mantidas entre professor e pais de alunos durante uma
reunilo de pais, focalizando o mesmo assunto: a não-utilização do livro didático
em Língua Portuguesa. Como explicar a um pai que sua filha não precisa "decorar" regras - ela as descobre a partir do uso, falado ou escrito, que faz da língua.
Como explicar ao pai e à mie de um aluno de 12 anos que a "desorganizaçlo
desse aluno nlo é conseqüência da falta de um livro didático de Língua
Portuguesa, mas sim uma tentativa de estabelecer sua própria identidade.
Treze


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.51539/2448-0215.1985.231046

 

Licença Creative Commons
http://creativecommons.org/licenses/by/4.0


                                         INDEXADORES

       
 
 
  
 
   
 
 
                                          BUSCADORES 
                                  


                                                      
                                           
                                              MÉTRICAS 
 
GOOGLE ACADÊMICO: https://scholar.google.com.br/citations?hl=pt-BR&user=BbrMvUMAAAAJ