JOGOS TEATRAIS: UMA ESTRATÉGIA DIDÁTICA PARA FOMENTAR A APRENDIZAGEM

Fany Pereira de Araújo Soares, Heitor Pereira de Araújo Soares

Resumo


Na educação existem diversas maneiras e estratégias, sejam elas formais ou informais, de conceber e conduzir o processo de ensino e aprendizagem adequado as diferentes necessidades de cada ser, dentre elas destacamos os: jogos teatrais, que dinamizam as aulas e proporcionam um maior interesse e interação dos alunos. Este trabalho desenvolvido para ambientes de sala de aula ou externos. Destina-se ao relato reflexivo de experiência de aula com alunos do Pro-Jovem Urbano Recife, com o objetivo de descrever as etapas de execução de uma aula norteada pelos princípios do jogo teatral. Para facilitar o entendimento dos alunos sobre o funcionamento de uma escala hierárquica, a distribuição de responsabilidades, a escala decisória e seu processo interno, foram confeccionados cartões com nomes, funções e ou profissões e departamentos. Em seguida, foram distribuídos entre os alunos, que ao receberem, só poderiam revelar seu conteúdo através da criação de uma história com duração de 60 segundos ou do posterior do uso da mímica e desenho em 30 segundos caso não fosse adivinhado a palavra. Passado esse momento de revelação das palavras, eles seguiam para a construção em grupo do organograma. Como referencial teórico para o desenvolvimento do estudo adotou-se SPOLIN (2010); JAPIASSU (1998); DELIZOICOV (2009). As estratégias didáticas baseada em jogos teatrais deixaram as aulas mais dinâmicas, houve a participação maior da turma durante as atividades, e foi notório que os alunos conseguiram construir os conhecimentos sobre os conteúdos abordados, devido ao bom rendimento na prova. As aulas tradicionais, com piloto e quadro se tornam cansativas, sendo indispensável o uso de estratégias didáticas educacionais dinâmicas que contribuem para despertar o interesse do aluno pelo conteúdo abordado através da interação social. É importante salientar que as diferentes formas de ensino também ajudam a diminuir as dificuldades de aprendizagem, ou contribuem para uma aprendizagem mais ativa e colaborativa e conseqüentemente ajuda na permanência dos alunos na escola. Nota-se a importância da manutenção de espaços na educação dedicados ao envolvimento da interação social, assim, o desenvolvimento de diferentes estratégias didáticas que colaboram no processo de ensino e aprendizagem para as necessidades especificas de cada aluno.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Av. Prof. Moraes Rego, 1235 - Cidade Universitária, Recife - PE, 50670-901.