METODOLOGIAS ALTERNATIVAS: UTILIZAÇÃO DE MATERIAIS DE BAIXO CUSTO NO ENSINO DE CIÊNCIAS

Thiago Felix da Silva, Teresa Cristiana Câmara, Patrícia de Souza Cavalcante Carnaval, Eliemerson de Souza Sales

Resumo


O professor de ciências biológicas deve estar preparado para mediar o conhecimento de uma área
que passa por constantes atualizações e também para saber lidar com a bagagem de informações
que os estudantes adquirem no cotidiano, que equivale aos conhecimentos prévios. O Estágio em
Ensino de Biologia 4 do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Universidade Federal de
Pernambuco - UFPE proporciona momentos de observação de aulas e prática docente. As regências
planejadas foram executadas em turmas do 6º ao 8º ano do Ensino Fundamental da Escola
Fernandes Vieira localizada em Recife-PE e que é vinculada à Rede Estadual de Ensino de
Pernambuco. A estratégia didática predominante nas aulas foi pensada a partir do uso de materiais
de baixo custo como imagens impressas, cartolinas e recipientes plásticos. Diante do exposto,
observou-se que, a utilização dessas metodologias que podemos considerar alternativas e de baixo
custo durante as aulas de ciências motivou os estudantes a se envolverem com os conteúdos em
questão, pois a participação dos mesmos foi solicitada durante todo o processo. E no que se refere a
formação a partir do estágio, é importante destacar que a experiência vivenciada permitiu a
apropriação de estratégias de ensino diversificadas tornando-se mais uma possibilidade para a
prática de Ensino de Biologia.


Texto completo:

PDF

Referências


ABOU SAAB, L. A.; GODOY, M. T. Experimentação nas aulas de Biologia e apropriação do

saber. Universidade Estadual de Ponta Grossa–UEPG, 2007.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação

nacional. Diário Oficial da União, Brasília, 23 dez. 1996.

______. Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008. Dispõe sobre o estágio de estudantes e dá

outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 26 de set. 2008.

CASTOLDI, R.; POLINARSKI, C. A. A utilização de recursos didático-pedagógicos na motivação da

aprendizagem. I Simpósio Nacional de Ensino de Ciências e Tecnologia, Anais... Paraná: UTFPR, p.

-692, 2009.

GALDEANO, L. E.; ROSSI, L. A.; ZAGO, M. M. F. Roteiro instrucional para a elaboração de um estudo

de caso clínico. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v. 11, n. 3, p. 371-375, 2003.

GIORDAN, M. O papel da experimentação no ensino de ciências. Química nova na escola, v. 10, n.

, p. 43-49, 1999.

MORTIMER, E. F.; SCOTT, P. H. Atividade discursiva nas salas de aula de ciências: uma ferramenta

sociocultural para analisar e planejar o ensino. Investigações em Ensino de Ciências, v. 7, n. 3, p.

-306, 2002.

MUNFORD, D.; LIMA, M. E. C. C. Ensinar ciências por investigação: em quê estamos de

acordo?. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 9, n. 1, p. 89-111, 2007.

NARDI, R.; GATTI, S. R. T. Uma revisão sobre as investigações construtivistas nas últimas décadas:

concepções espontâneas, mudança conceitual e ensino de ciências. Ensaio Pesquisa em Educação

em Ciências, v. 6, n. 2, p. 145-168, 2004.

NICOLA, J. A.; PANIZ, C. M. A importância da utilização de diferentes recursos didáticos no ensino de

biologia. Inovação e Formação, v. 2, n. 1, p. 355-381, 2016.

PEDROSO, C. V. Jogos didáticos no ensino de biologia: uma proposta metodológica baseada em módulo didático. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (EDUCERE), 9., 2009, Curitiba. Anais...

Curitiba: PUCPR, p. 3182-3190, 2009.

PEREIRA, J. E. D. As licenciaturas e as novas políticas educacionais para a formação docente.

Educação & Sociedade, v. 20, n. 68, p. 109-125, 1999.

PERRENOUD, P.; THURLER, M. G. As competências para ensinar no século XXI: A formação dos

professores e o desafio da avaliação. Porto Alegre: Artmed, 2002.

TRIPP, D. Pesquisa ação: uma introdução metodológica. Educação e Pesquisa, v. 31, n. 3, p. 443-466,

YAMAZAKI, S. C.; YAMAZAKI, R. M. O.; Sobre o uso de metodologias alternativas para ensinoaprendizagem de ciências. Educação e Diversidade na Sociedade Contemporânea. Ed. Coelho MS,

ZÔMPERO, A. F.; LABURÚ, C. E. Atividades investigativas no ensino de ciências: aspectos históricos e

diferentes abordagens. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, v. 13, n. 3, p. 67-80, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Av. Prof. Moraes Rego, 1235 - Cidade Universitária, Recife - PE, 50670-901.