AS CONCEPÇÕES DE GRADUANDOS DO CURSO DE ODONTOLOGIA SOBRE SAÚDE BUCAL NA EDUCAÇÃO BÁSICA

Amina Kadja Martins Cahu, Thiago Coelho Gomes Da Silva, Tiago José Nascimento De Souza

Resumo


O presente artigo tem por objetivo apresentar uma pesquisa qualitativa e quantitativa de tipo exploratória, através da aplicação de um questionário online que dispor-se a analisar as concepções de 09 graduandos do sexto período do curso de odontologia, em um centro universitário na cidade do Recife, sobre educação e saúde bucal na educação básica. Assim, buscando ressaltar a importância sobre quais concepções têm sustentado suas práticas educativas sobre educação e saúde bucal. Entre os resultados, viu-se que os graduandos possuem opiniões parecidas e que pouco diverge umas das outras. No entanto observa-se que há uma carência em relação à aplicação de condutas que ressaltem a importância das práticas sobre educação e saúde bucal, no ensino superior que enfatizem a relevância da saúde bucal na educação básica.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMAS, K. The knowledge and practices of oral hygiene methods and attendance pattern among school teachers in Riyadh. Saudi. Med. v. 24, n.10, p.1087- 1091, 2003.

ARROYO, M. As bases da educação popular em saúde. Reunião, análise e difusão de informação sobre saúde. FIOCRUZ, n.21, p.7, 2001.

CARVALHO, A. M. P. de. Ensino de Ciências por investigação: condições para implementação em sala de aula. São Paulo: CENGAGE Learning Edições Ltda, 2014.

COSTA, I. C. C.; FUSCELLA, M. A. P. Educação e Saúde: importância da integração dessas práticas na simplificação do saber. Ação coletiva, v.2, n.3, p.45-7, 1999.

FREIRE, P. Pedagogia dos sonhos possíveis. São Paulo: Ed. Unesp, 2001.

FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE. Diretrizes de educação em saúde visando à promoção da saúde: documento base: documento I/ Fundação Nacional de Saúde. Brasília: Funasa; 2007

GARCIA, M. A. A. Knowledge, action and education: teaching and learning at healthcare centers. Interface - Comunic, Saúde, Educ, v. 5, n .8, p.89-100, 2001.

GONTIJO, L.P.T.; ALMEIDA, M.C.P.; GOMIDE, L.R.S.; BARRA, R.P. A saúde bucal coletiva na visão do estudante de odontologia: análise de uma experiência. Ciênc Saúde Coletiva, v.14, p. 1277- 1285, 2009.

LEVY, S. Educação em Saúde: histórico, conceitos e propostas. In: Conferência Nacional De Saúde. Brasília, 1996.

MERHY, E. E. Agir em saúde: um desafio para o público. São Paulo: Hucitec, 2002.

NARVAI, P. C. Saúde bucal e incapacidade bucal. Jornal do site odonto, 2001.

PAULETO, A.R.C.; PEREIRA, M,L,T,; CYRINO, E.G. Saúde bucal: uma revisão crítica sobre programações educativas para escolares. Ciênc Saúde Coletiva, v. 9, p. 121-130, 2004.

PETRY, P. C; PRETTO, S. M. Educação e motivação em saúde bucal. In: KRIGER, L. (Org.) Promoção de saúde bucal: Artes Médicas, p.371-385, 2003.

SANTOS, P. A. Conhecimento sobre prevenção de cárie e doença periodontal e comportamento de higiene bucal de professores de ensino fundamental. Cien. Odontol. Bras, v.6, n.1, p.67-74, 2003.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. The World Oral Health Report 2003. Continuous improvement of oral health in the 21st century: the approach of the WHO Global Oral Health Programme. Geneva: World Health Organization, 2003.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Av. Prof. Moraes Rego, 1235 - Cidade Universitária, Recife - PE, 50670-901.