Gestão do conhecimento em organizações públicas complexas: um estudo de caso na UFRPE

Ariella Rayder Gomes de Souza Cahú, Catarina Rosa e Silva de Albuquerque, Ionete Cavalcanti de Moraes, Jorge da Silva Correia-Neto

Resumo


O conhecimento é a grande finalidade de uma universidade e a gestão de conhecimento (GC) situa-se na criação, identificação, integração, recuperação, compartilhamento e utilização do conhecimento nas organizações. Dada a complexidade das universidades brasileiras, buscou-se investigar o nível de maturidade em GC da UFRPE, por perfil profissional. O estudo é caracterizado como descritivo e quantitativo. Utilizou-se o modelo de Batista para instituições públicas, com adaptações para a realidade institucional. A análise de 245 questionários respondidos classificou a universidade no Nível Iniciação em GC. As percepções são diferentes conforme o perfil analisado, mas todas apontam no sentido de que é preciso avançar muito na GC. Também são apresentadas as limitações do estudo e indicações de estudos futuros.  


Palavras-chave


Gestão do Conhecimento; Universidades; Nível de Maturidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B5; ARQUITETURA, URBANISMO E DESIGN: B5; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B4; EDUCAÇÃO, ENGENHARIAS I: B5; ENSINO: B2; GEOGRAFIA: C; INTERDISCIPLINAR: B3. 

 

Publicação e Apoio:

RMP está indexada em:

Instituições de referência para a RMP: