Como a ampliação do Indicador de Formação Docente pode melhorar o desempenho escolar?

Erinaldo Ferreira do Carmo, Enivaldo Carvalho da Rocha, Dalson Britto Figueiredo Filho, Lucas Emanuel de Oliveira Silva, Giovana Ferreira

Resumo


Este artigo analisa a relação entre o desempenho escolar no ensino médio regular e o indicador de adequação na formação docente, que compreende a associação entre a formação acadêmica do professor e a disciplina por ele ministrada. Esta pesquisa reflete sobre o frequente debate acerca do problema da falta de professores nas escolas públicas, bem como da constante alocação de docentes em disciplinas diferentes de sua formação acadêmica, verificando a implicação dessa distribuição irregular dos professores sobre o resultado da aprendizagem do aluno. A partir desses problemas, procura-se identificar, através de dados oficiais, como essa alocação ocorre no país, nas diferentes redes de ensino, e as consequências dessa prática no desempenho apresentado pelos estudantes. A metodologia aplicada foi a análise quantitativa de dados secundários. A conclusão orienta que a política de adequação entre a formação docente na licenciatura e a disciplina ministrada produz resultados positivos sobre a proficiência dos estudantes.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica

Revista Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica

Colégio de Aplicação da UFPE

Endereço
Avenida da Arquitetura S/N Cidade Universitária
CEP 50740 - 550

Telefones
Secretaria: (81) 2126-8332
Coord. Pedagógica (SOE-SOEP): (81) 2126-8328
Direção: (81) 2126-8335
Tesouraria: (81) 2126-8329/Fax: (81) 2126-8329