Argumentação na Pedagogia Freinet: Refletindo sobre as técnicas de vida na escola

Alcidesio Oliveira da Silva Junior

Resumo


Como ferramenta que trabalha aspectos cognitivo-discursivos, a argumentação se desenvolve como uma prática elementar nas relações dialógicas, contribuindo para descobertas da linguagem, reflexões críticas e sistematização da retórica. Em sala de aula, auxilia a conexão entre os saberes construídos, ocupando espaço importante no planejamento pedagógico do professor. Este artigo busca estabelecer ligação entre aspectos da teoria da argumentação e as propostas do pedagogo anarquista francês Célestin Freinet que com suas “técnicas de vida” brindou com um novo frescor a Pedagogia moderna. Para tanto, a pesquisa recorre a um levantamento bibliográfico onde conclui-se que as práticas em sala de aula do Movimento Freinet, como o jornal e a imprensa escolar, as aulas-passeio, as oficinas e a corresponsabilidade, para citar apenas algumas, de fato contribuem para o desenvolvimento da argumentação e do livre posicionamento do aluno, fortalecendo as relações dialógicas existentes e as leituras de mundo em constante expressão.


Texto completo:

148-161

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica - ISSN: 2447-6943

Revista Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica

Colégio de Aplicação da UFPE

Endereço
Avenida da Arquitetura S/N Cidade Universitária
CEP 50740 - 550

Telefones
Secretaria: (81) 2126-8332
Direção: (81) 2126-8335