Poemas matemáticos: uma proposta de diálogo entre Língua Portuguesa e Matemática

Natália Ubirajara Silva, Virgínia Crivellaro Sanchotene

Resumo


O presente relato de experiências apresenta uma proposta de trabalho interdisciplinar entre Matemática e Língua Portuguesa. Segundo a concepção dialógico-interacional, toma-se o aluno como sujeito ativo.  Nesse sentido, a fim de promover a apropriação dos conceitos e do campo léxico-semântico da Matemática e a produção de novas significações, foram propostas atividades de leitura e produção de poemas a alunos do 9º ano do Ensino Fundamental de uma escola da Rede Municipal de Porto Alegre. O objetivo da atividade é deslocar a concepção tradicional de disciplinas estanques, promovendo um conhecimento relacional.


Texto completo:

425-432

Referências


BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

FERNANDES, Millôr. Poesia matemática. Disponível em: . Acesso em: 22 jul. 2018.

JOBIM, Antonio Carlos. Aula de matemática. Disponível em: . Acesso em: 22 jul. 2018.

KLEIMAN, Angela B.; MORAES, Silvia E. Leitura e interdisciplinaridade: tecendo redes nos projetos da escola. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2003.

KOCH, Ingedore Villaça; ELIAS, Vanda Maria. Ler e compreender: os sentidos do texto. 3. ed. São Paulo: Contexto, 2010a.

______. Ler e escrever: estratégias de produção textual. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2010b.

MACHADO, Nílson José. Matemática e língua materna: análise de uma impregnação mútua. 6.ed. São Paulo: Cortez, 2011.

PESSOA, Fernando. Cansaço. In: ______. Álvaro de Campos: poesia. São Paulo: Companhia das Letras, 2002. p. 475.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica - ISSN: 2447-6943

Revista Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica

Colégio de Aplicação da UFPE

Endereço
Avenida da Arquitetura S/N Cidade Universitária
CEP 50740 - 550

Telefones
Secretaria: (81) 2126-8332
Direção: (81) 2126-8335