Concepções e Práticas Avaliativas na Educação Profissional e Tecnológica: Análise do Conselho de Classe

Priscila Juliana da Silva, Janete Godoi, Virginea Aparecida de Lorena, Juliana de Souza Augustin Pereira

Resumo


Este artigo tem como tema as práticas avaliativas desenvolvidas em um curso técnico de um dos câmpus do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia. No estudo, priorizou-se a análise das relações entre essas concepções e as práticas avaliativas a partir do conselho de classe. O estudo justifica-se por sua atualidade e relevância, pois diversos autores discutem o papel da cultura escolar e das práticas avaliativas como mecanismos de exclusão escolar. O problema que orienta a reflexão procura elucidar a seguinte questão: Quais concepções de avaliação são expressas nas práticas avaliativas do conselhos de classe? A análise da questão proposta se apoia nos argumentos teóricos de Hoffmann (2009), Dalben (1995), Dubet (2003) e Arroyo (2001). A metodologia utilizada para a análise de dados seguiu a análise de conteúdo proposta por Bardin (1999). Foram utilizados para o levantamento de dados observação participante do conselho de classe e entrevista com uma estudante egressa.


Texto completo:

213-230

Referências


AFONSO, A. J. Avaliação Educacional: regulação e emancipação – para uma sociologia das políticas avaliativas contemporâneas. São Paulo: Cortez, 2009.

ARROYO, M. Fracasso-sucesso: o peso da cultura escolar e do ordenamento da

Educação Básica. Revista Em Aberto: Brasília, ano 11, n.53, jan./mar. 1992.

BARDIN, L. Análise de conteúdo.​ Porto: Editora 70, 1999.

DALBEN, A. I. L. F. Conselho de classe e avaliação: perspectivas na gestão

pedagógica da escola. Campinas: Papirus, 2004.

CHUERI, M. S. F. Concepções sobre a Avaliação Escolar. Estudos em Avaliação Educacional, v. 19, n. 39, jan./abr. 2008.

https://www.fcc.org.br/pesquisa/publicacoes/eae/arquivos/1418/1418.pdf

DUBET, F. Escola e exclusão​.Cadernos de Pesquisa, n. 119, p. 29-45, julho/ 2003.

FLICK, U. Introdução à pesquisa qualitativa​. Porto Alegre: Artmed, 2009.

HOFFMANN, J. Avaliação mito & Desafio: ​Uma perspectiva construtivista. Porto Alegre; Editora Mediação, 23ª edição, 1998.

HOFFMANN, J. Avaliação mediadora: ​uma prática em construção da pré-escola

à universidade. Porto Alegre; Editora Mediação, 2009.

LUDKE, M. & ANDRÉ, M. E.D.A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo, Editora Pedagógica e Universitária, 1986.

OLIVEIRA, J. M. Categorias do juízo professoral em conselhos de classe: entre interpretações, julgamentos e implicações. 2017. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

PAPI, S. O. G. Conselho de classe: que colegiado é esse? Estudos de Avaliação em

Educação.São Paulo, v. 26, n. 62, p. 480-518, maio/ago. 2015.

TREVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa

qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica - ISSN: 2447-6943

Revista Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica

Colégio de Aplicação da UFPE

Endereço
Avenida da Arquitetura S/N Cidade Universitária
CEP 50740 - 550

Telefones
Secretaria: (81) 2126-8332
Direção: (81) 2126-8335