RELAÇÕES ENTRE MODELOS MENTAIS E MODELOS MATEMÁTICOS
Relationship between Mental and Mathematic Models

Lênio Fernandes Levy

Resumo


Neste ensaio, discorre-se a propósito de modelo mental e de modelo matemático, enfatizando-se alguns pontos comuns a ambos. Abordam-se, no contexto do modelo mental, relações entre analogia e tradução. Modelos mentais são análogos àquilo a que se referem ou são apenas traduções? Abordam-se também, em se tratando de modelos mentais, liames entre “realidade” e imaginação. Há fronteiras, na modelagem mental, entre o “real” e o imaginário? No presente texto, esses assuntos e questionamentos são igualmente considerados no âmbito do modelo matemático. Busca-se realçar convergências, no que respeita ao diálogo “analogia x tradução” e ao diálogo “realidade x imaginação”, entre modelo mental e modelo matemático, frisando-se que, basicamente, os modelos – tanto mentais quanto matemáticos – são tidos como representações. Este trabalho constitui-se num estudo teórico-bibliográfico fundamentado, em termos de concepção de modelos mentais, no autor francês Edgar Morin e, em termos de definição de modelos matemáticos, nos autores brasileiros Rodney Carlos Bassanezi, Maria Salettt Biembengut e Nelson Hein. 

 


Palavras-chave


modelo mental; modelo matemático; complexidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.36397/emteia.v7i2.2146

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2177-9309

Contato: revista.emteia@ufpe.br