O cuidado de si como disparador para docências outras em matemática

Veronica de Lima Mittmann

Resumo


Este artigo intenciona problematizar a Docência em Matemática por entender que esta tem nos constituído como sujeitos de determinados discursos que têm produzido determinados modos de ser, perceber e estar no mundo. Desta forma, a fim de colocar a matemática em suspensão, utilizamos como ferramenta teórica os conceitos de disciplina, norma e cuidado de si do teórico Michel Foucault. Neste sentido, ao longo deste texto pudemos perceber que a Matemática tem fortalecido e sido fortalecida pelo poder disciplinar e pela norma, e deste modo, pode ter colaborado para a produção, do que Foucault denomina o Sujeito Moderno. Com isto, buscamos nos estudos de Michel Foucault sobre o cuidado de si greco-romano, a possibilidade de potencializarmos o nosso pensamento, a fim de tentar compreender como poderiam ser realizadas fissuras na Matemática que produz e é produzida no campo educacional, a fim de possibilitar a emergência de matemáticas outras.  


Palavras-chave


Docência, matemática, estudos foucaultianos, disciplina, cuidado de si.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.36397/emteia.v9i2.237604

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2177-9309

Contato: revista.emteia@ufpe.br