O conto da Panecástica: a ilha dos explicadores desiguais e/ou dos ensinadores iguais

Jussara Brigo, Claudia Regina Flores

Resumo


Eis um conto que se cata, que se colhe, que se cuida, que se canta, que se conta, que se corporifica, que se conversa,  que se chora, que se cala, que se coça, que se caminha, que se corre, que se costura, que se chama, que (talvez) seja ciência, que se compartilha e que se convida. Eis a Panecástica um conto!


Palavras-chave


cenário (Ilha/Formação de Professores); personagens (figuras reais/professores que ensinam matemática nos anos iniciais); enredo (Documentos Normativos/Dispositivos); ficção (Vertigem da Igualdade)

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.36397/emteia.v10i3.240767

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2177-9309

Contato: revista.emteia@ufpe.br