Percepção das pessoas da Terceira Idade: habilidades e uso das tecnologias digitais

Maria Amélia Silva, Thelma Panerai Alves

Resumo


Este artigo é um recorte da dissertação de mestrado intitulada Habilidades desenvolvidas pelas pessoas da terceira idade: inclusão digital e uso de smartphone, do Programa de Educação Matemática e Tecnológica (EDUMATEC), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O estudo teve por objetivo verificar a percepção das pessoas da terceira idade sobre as habilidades digitais necessárias para sua inserção na cultura digital, pois a literatura sobre o tema mostra que, para essas pessoas, o uso das tecnologias digitais pode apresentar algumas dificuldades. Fundamentaram nosso estudo Araújo (2019), Kachar (2003), Perrenoud (1999, 2013), Kenski (2012) e Lemos (2009). Para essa pesquisa, adotamos uma metodologia de natureza qualitativa, com caráter descritivo. Para isso, utilizamos como instrumento de coleta de dados uma entrevista semiestruturada. Na análise dos dados, usamos a técnica da Análise de Conteúdo. Responderam a entrevista 7 pessoas da terceira idade. Quanto aos resultados da pesquisa, destacamos que a percepção de habilidades digitais, pelas pessoas da terceira idade, está relacionada à maneira de usar a tecnologia, ao saber fazer. Consideramos que a percepção das habilidades digitais para os participantes da pesquisa vai além de conhecer a técnica para o manuseio das tecnologias.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.36397/emteia.v11i3.245407

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2177-9309

Contato: revista.emteia@ufpe.br