EDUCAÇÃO E TERRITÓRIO: UMA MIRADA DESDE DA LUTA DE CLASSES

Alexandre Peixoto Faria Nogueira

Resumo


A educação, em sua institucionalização, representa um instrumento de manutenção das relações sociais hegemônicas, onde o papel do Estado, a partir de sua relação com o grande capital, implementam políticas para que a escola atenda aos interesses dos seus pares, ou seja, a educação/escola é um instrumento de reprodução das relações capitalistas de produção. No entanto, a escola também pode ser considerada como um espaço contra-hegemônico, um espaço de possibilidades para os sujeitos que lutam e constroem seus territórios para além das relações hegemônicas. O território passa a ser um elemento fundante para compreender não só o papel da escola no desenho societário, como também, visibilizar as estratégias da reprodução metabólica e de subordinação do capital, onde o conflito territorial subsidia a compreensão da dinâmica da luta de classes. No presente texto buscaremos compreender a relação entre escola, território e a (re)produção das relações sociais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.51539/2594-9616.2018.240418



INDEXADORES E BASE DE DADOS

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Autores que publicam nesta revista concordam com os seguintes termos: a) Autores mantém os direitos autorais e concedem à  revista o direito de primeira publicação, com o trabalho licenciado sob a Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional. b) Autores têm permissão e são estimulados a publicar e distribuir seu trabalho online (ex.: em repositórios institucionais ou na sua página pessoal), já que isso pode gerar alterações produtivas, bem como aumentar o impacto e a citação do trabalho publicado. c) Em virtude de aparecerem nesta revista de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais.