PRÁTICA E PRODUÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS PARA O ENSINO DE GEOGRAFIA: UMA PROPOSTA METODOLÓGICA PARA O ENSINO ESCOLAR A PARTIR DA EXPERIÊNCIA NO ENSINO ACADÊMICO

Daiane Alencar Silva, Carlos Eduardo Dourado Ramires, Gabriela Ferreira de Souza, Vitor José Ribeiro Amaral Neto, Valdemir Pomerening de Mello Júnior

Resumo


A Geografia escolar brasileira pauta-se ainda num modelo de ensino tradicional, contemplando práticas de ensino onde o estudante é levado a decorar o conteúdo, não contribuindo satisfatoriamente para o desenvolvimento de um pensamento crítico a respeito de si, da construção do ser, individual e coletivo e da sociedade em que está inserido. No sentido de romper essa barreira no ensino é que emergem diferentes propostas didáticas e metodológicas para a promoção de aulas mais comprometidas em despertar nos estudantes o pensamento crítico acerca de seu cotidiano. Dentre elas, os materiais didáticos são importantes instrumentos que auxiliam o professor em sala de aula, dando dinamicidade ao conteúdo abordado, contribuindo de maneira significativa para que o processo de ensino-aprendizagem ocorra de maneira a romper com o modelo tradicional ainda utilizado. Assim, este artigo é uma proposta de contribuir para a superação do modelo tradicional, tendo como objetivo apresentar metodologias para a criação de materiais didáticos para o ensino de Geografia, a partir da experiência acadêmica. Tendo como procedimentos metodológicos duas etapas, a primeira uma revisão teórica sobre o tema e na segunda apresenta-se a elaboração dos materiais desenvolvidos pelos acadêmicos do curso de graduação em Geografia Licenciatura contextualizando-os com o conteúdo abordado.


Palavras-chave


Materiais didáticos; ensino; Geografia.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL, LEI Nº 13.146, de 6 de Julho de 2015. Dispõe sobre a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2015/Lei/L13146.htm. Acesso em: 12/01/2019.

CALLAI, H. C. Aprendendo a ler o mundo: a geografia nos anos inicias do ensino fundamental. N. 66, Campinas: Caderno Cedes, 2005, p. 227-247.

CARLOS, A. F. A. (Org.). A geografia na sala de aula. 9. ed., 4ª reimpressão. São Paulo: Contexto, 2018.

COPATTI, C. Livro didático de geografia: da produção ao uso em sala de aula. Élisée, Rev. Geo. UEG – Porangatu, v.6, n.2, 2017, p.74-93.

COSTA, M. S.; DAMASCENO, M. F. B.; MUNIZ, A. O uso da música e das imagens como fonte de aprendizado no ensino de Geografia. Revista de Ensino de Geografia, Uberlândia-MG, v. 9, n. 16, 2018, p.92-105.

FIORI, V. Reflexões sobre procedimentos e práticas de ensino em geografia. Práticas de ensino em Geografia nos anos finais do Ensino Fundamental. Cruzeiro do Sul Virtual, 2019.

MOREIRA JÚNIOR, O. As cidades pequenas como componente curricular para a geografia escolar. Formação, v. 02, n.23, 2016, p.20-37.




DOI: https://doi.org/10.38187/regeo2020.v3n1id242481

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

INDEXADORES E BASE DE DADOS