EXPERIMENTAÇÕES NO ENSINO DE GEOGRAFIA NO CURSO TÉCNICO-INTEGRADO DE COZINHA

Luan do Carmo da Silva

Resumo


O texto objetiva analisar possibilidades de formação técnico-integrada no curso de Cozinha, a partir de experiências desenvolvidas em Geografia durante 2019 em turmas de primeiro e segundo anos do Ensino Médio do campus Riacho Fundo do Instituto Federal de Brasília (IFB). As experiências apresentadas buscam favorecer a compreensão macro do mundo do trabalho a partir da atividade de pesquisa, produção de materiais, registros pessoais e socialização de resultados. Ao se articular conhecimentos geográficos às dinâmicas do mundo do trabalho verificou-se maior engajamento das turmas assim como correlação do aprendizado com aspectos do cotidiano dos estudantes.


Palavras-chave


Formação técnico-profissional; Ensino de Geografia; Mundo do Trabalho; Técnico em Cozinha.

Texto completo:

PDF

Referências


Assis, S. M.; Medeiros Neta, O. M. Ciências Humanas na educação profissional: um olhar sobre as ações pedagógicas dos professores do curso técnico integrado em Informática do IFRN/Campus Caicó. In: Revista História Hoje. v. 5, n. 10. Anpuh, 2016. Disponível em: https://rhhj.anpuh.org/RHHJ/article/view/274 Acesso: 23.nov.2019.

Callai, H. C. A formação do profissional da Geografia – o professor. Ijuí: Ed. Unijuí, 2013.

Carlos, A. F. A. A condição espacial. São Paulo: Contexto, 2011.

Cavalcanti, L. S. Geografia e práticas de ensino. Goiânia: Alternativa, 2002.

Ciavatta, M.; Ramos, M. Ensino médio e educação profissional no Brasil – dualidade e fragmentação. In: Revista retratos da escola. v. 5, n. 8. Brasília, 2011. Disponível em: http://retratosdaescola.emnuvens.com.br/rde/article/viewFile/45/42 Acesso: 08.jan.2020

Dória, C. A. A formação da culinária brasileira. São Paulo: Publifolha, 2009.

Fornaro, A. A Geografia no ensino médio integrado: desafios e perspectivas no Instituto Federal de Mato Grosso do Sul. In: Anais do 5º Encontro Regional de Ensino de Geografia. Campinas: Unicamp;IG, 2016.

Girotto, E.D. Dos PCNs A BNCC: o ensino de geografia sob o domínio neoliberal. In: GeoUERJ. n. 30. Rio de Janeiro, 2017. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/geouerj/article/view/23781 Acesso: 15.jan.2019.

Hohn, M. O.; Simões, W. O ensino de Geografia em cursos técnicos de nível médio integrado: entre a formação intelectual e a formação para o mundo do trabalho. In: Geografia, Ensino e Pesquisa. v. 22, n. 7. Santa Maria, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/geografia/article/view/26064 Acesso: 15.jan.2019.

IFB. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília. Projeto de Plano de Curso – curso técnico de cozinha integrado ao ensino médio. Educação profissional técnica de nível médio. Brasília: Campus Riacho Fundo, 2015.

Meneses, U. T. B.; Cardoso, H. A história da alimentação: balizas historiográficas. In: Anais do museu paulista. v. 5. São Paulo, 1997. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/anaismp/article/view/5349 Acesso: 20.dez.2018.

Pimentel, G. Alta gastronomia, o nome de um trabalho. In: Revista Eixo. v. 8, n. 1. Brasília, 2019. Disponível em: http://revistaeixo.ifb.edu.br/index.php/RevistaEixo/article/view/706 Acesso: 20.dez.2018.

Santos, M. Por uma outra globalização – do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro: BestBolso, 2011.

Silva, T.F.; Rotolo, T. M.; Pimentel, G. S. “História e cultura da alimentação” no técnico em cozinha: experiências de ensino e pesquisa. In: Feijó, G. V.;Silva, T.F. (orgs.). Ensino e pesquisa em história e humanidades nos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. Brasília: Editora IFB, 2017.

Straforini, R. O ensino de Geografia como prática espacial de significação. In: Estudos Avançados. v. 32, n. 93.São Paulo, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-40142018000200175 Acesso: 09.fev.20




DOI: https://doi.org/10.38187/regeo2020.v3n2id244972

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

INDEXADORES E BASE DE DADOS