REDESENHANDO A PRÁTICA DOCENTE: uma experiência tecida no contexto de distanciamento social

Orquídea Maria de Souza Guimarães

Resumo


O texto constitui uma reflexão sobre a prática docente durante a pandemia, contexto que exigiu a vivência do ensino remoto, com aulas síncronas e assíncronas. A análise considerou a avaliação realizada pelos/as estudantes da turma de Residência Multiprofissional em Saúde, da UFPE, através de formulário on-line. Percebemos que a organização da disciplina remota, a atuação docente e o resultado da aprendizagem são estruturantes para se planejar e vivenciar uma disciplina nesse formato. Assim, consideramos que o ensino remoto, no contexto de pandemia, vai muito além de planejar atividades adaptadas para o mundo on-line, pois requer (re)construir saberes, modificar a lógica de pensar as maneiras de mediar a relação entre
estudantes e conhecimento, e, em especial, perceber-se docente como um/a constante aprendente.


Palavras-chave


Ensino remoto; Prática docente; Reflexão sobre a prática

Texto completo:

PDF

Referências


FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 36.ed. São Paulo: Paz e Terra, 2007.

FILATRO, Andrea; CAVALCANTI, Carolina Costa. Metodologias inovativas na educação presencial, a distância e corporativa. São Paulo: Saraiva Educação, 2018.

GAUTHIER, C. et al. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. 2. ed. Ijuí: Editora Unijuí,

(Coleção Fronteiras da Educação).

MASETTO, Marcos Tarciso. Aula: ambiente de aprendizagem e de trabalho profissional do docente. In: MASETTO, Marcos Tarciso.

Competência pedagógica do professor universitário. São Paulo: Summus, 2003.

MOREIRA, José Antônio Marques; HENRIQUES, Susana; BARROS, Daniela. Transitando de um ensino remoto emergencial para uma educação digital em rede, em tempos de pandemia. Dialogia,

São Paulo, n. 34, p. 351-364, jan./abr. 2020. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/index.phpjournal=dialogia&page=article&op=view&path%5B%5D=17123&path%5B%5D=8228. Acesso em: 30 jun. 2020.

PIMENTA, S. G. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: CAMPOS, Edson Nascimento; PIMENTA, Selma Garrido (org.). Saberes pedagógicos e atividade docente. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2002. p. 15-34.

TARDIF, Maurice. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários: elementos para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas conseqüências em relação à formação para o magistério. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, Associação Nacional de Pós-Graduação e de Pesquisa em Educação, n. 13, p. 5-23, jan./abr. 2000.

THERRIEN, J. O saber social da prática docente. Educação e Sociedade, Campinas, n. 46, p. 408-418, abr. 1993.

THERRIEN, J.; LOIOLA, F. A. Experiência e competência no ensino: pistas de reflexões sobre a natureza do saber-ensinar na perspectiva da ergonomia do trabalho docente. Educação e Sociedade, Campinas, n. 74, p. 143-160, abr. 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Indexadores

 

Estudos Universitários: revista de cultura

Coordenação de Gestão Editorial e Impacto Social

Pró-Reitoria de Extensão e Cultura

Universidade Federal de Pernambuco

ISSN Edição Digital 2675-7354 - ISSN Edição Impressa 0425-4082

https://www.ufpe.br/proexc - estudosuniversitarios@ufpe.br

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.