A INFLUÊNCIA DOS MODELOS MENTAIS DOS EMPREENDEDORES NO DESEMPENHO DE SUAS ORGANIZAÇÕES

Gabriel Sperandio Milan, Deonir De Toni, Eric Dorion, Maria Schuler

Resumo


A estrutura competitiva do mercado é um elemento central para compreender o desempenho
das empresas e suas estratégias. Porém, as organizações também estão expostas às influências
internas. Dentre elas, destaca-se a interferência dos modelos mentais dos empreendedores
como guia propulsor do desempenho organizacional. Os modelos mentais auxiliam na
construção da competência para facilitar a dinâmica estratégica da mudança e inovação nas
empresas (LE BOTERF, 2003). Aliás, quais são as características básicas dos modelos
mentais dos empreendedores, que contribuem para o melhor desempenho organizacional?
Com base nesta questão de pesquisa, este ensaio teórico aborda os modelos mentais dos
empreendedores e sua influência sobre o desempenho empresarial, resultando em um
conjunto de proposições, que buscam entender melhor a diferença no nível de desempenho
organizacional, principalmente em micro, pequenas e médias empresas. Foi identificado que
os conhecimentos, as habilidades emocionais, mentais e estratégicas, a capacidade de liderança, de comunicação e os relacionamentos, a participação da família e da cultura, bem
como a criatividade e a vocação para empreender são elementos intrínsecos aos modelos
mentais dos empreendedores. Parte da diferença no desempenho entre organizações pode ser
creditada a estes diferentes elementos, que integram os modelos mentais dos empreendedores.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................