A Revolução dos Bichos: Papel das Fontes de Poder em Situações de Conflito

Diego de Queiroz Machado, Editinete André da Rocha Garcia, Augusto César de Aquino Cabral, Fátima Regina Ney Matos

Resumo


Situando-se dentro da abordagem foucaultiana de poder e tendo em vista avançar no exame das relações de poder em um sistema social, este estudo tem como objetivo analisar o impacto das principais fontes de poder em situações de conflito. Para tanto, optou-se pela utilização de uma abordagem qualitativa, fundamentada na técnica de estudo observacional em linguagem fílmica, tendo como fonte de dados narrativos o filme A Revolução dos Bichos. Dentre as fontes de poder apresentadas, destacou-se o papel dos símbolos de poder como elementos ratificadores e fortalecedores das relações de poder estabelecidas, sendo utilizados, desse modo, por humanos e animais. Além do papel dos símbolos, foram também considerados como fontes de relações de poder a autoridade formal, o controle do conhecimento e da informação, a habilidade de lidar com incertezas, controle da tecnologia, controle das contra-organizações e o poder que já se tem, tendo em vista que podem ser fortemente observados no filme analisado.


Palavras-chave


Poder; Conflito; Estudo observacional; Narrativa fílmica; Revolução dos Bichos

Texto completo:

PDF 120-136


DOI: https://doi.org/10.21714/1679-18272019v17n2.p120-136

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




..................................................................................................................................................................................................................................................................................