A Nova Era dos Festivais: cadeia produtiva do rock independente no Brasil

Bruno Pedrosa Nogueira

Resumo


Este artigo investiga uma nova configuração na cadeia produtiva da música, no nicho do rock independente, no Brasil. As novas lógicas de consumo seguem o referencial teórico de pesquisas nacionais como Herschmann, Janotti Jr e Prestes Filho, além de um diálogo com as propostas de Frith, Flichy e Miége. A principal hipótese trabalhada é o surgimento de um circuito de festivais em todo país como novo fio condutor deste nicho, ocupando espaços de circulação que antes cabiam as rádios; paralelamente, tratando também as novas formas de diálogo entre produção e consumo neste nicho a partir da formação de uma nova mídia especializada.

Palavras-chave


música; indústria fonográfica; consumo; cultura

Texto completo:

PDF

Referências


ANDESRON, Chris. A Cauda Longa: do mercado de massa ao mercado de nicho. 2. Reimp. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

DURÃO, Fabio Akcelrud; ZUIN, Antôniio; VAZ, Alexandre Fernandez (orgs.). A Indústria Cultural Hoje. São Paulo: Boitempo, 2008.

HERSCHMANN, Micael. Lapa, Cidade da Música. Rio de Janeiro: Mauad X, 2007.

HOLLANDA, Heloisa Buarque. Impressões de Viagem: CPC, Vanguarda e Desbunde. Rio de Janeiro: Braziliense, 1981.

JANOTTI Jr, Jeder. Aumenta que isso é Rock and Roll - Mídia, Genero Musical, Identidade. Rio de Janeiro: E-Papers, 2003.

NOGUEIRA, Bruno Pedrosa. OK Computer - Novas Práticas da Indústria Fonográfica Geradas pela Internet. Recife: UFPE, 2008. Dissertação de Mestrado.

PEREIRA, Carlos Alberto M. Em Busca do Brasil Contemporâneo. Rio de Janeiro: Notrya, 1993.

PRESTES FILHO, Luis Carlos (Org.). Economia da Cultura da Música. São Paulo: Itaú Cultura.

SHUKER, Roy. Vocabulário da Música Pop. São Paulo: Hedra, 1999.

TOSTA DIAS, Márcia. Os Donos da Voz - Indústria Fonográfica Brasileira e Mundialização da Cultura. São Paulo: Boitempo, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Creative Commons License

A Revista Ícone está sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial CC BY-NC 4.0.

Classificação de Periódicos 2013-2016, CAPES: B4 (Comunicação e Informação)

© 1996-2017 Revista Ícone
Programa de Pós-Graduação em Comunicação, UFPE
Av. da Arquitetura, s/n – Cidade Universitária
CEP 50.740-550 Recife (PE), Brasil