A Crise de Identidade dos Jornais Impressos

Anelise Rublescki

Resumo


O artigo evidencia porque a crise atual dos jornais impressos é diversa da crise financeira pela qual passaram os conglomerados de mídia há apenas dez anos, pontuando os principais fatores que a configuram como uma crise de identidade, especialmente partir da ruptura da exclusividade de seleção e publicação das notícias. Metodologicamente, constitui-se numa discussão teórico-analítica a partir de uma revisão da literatura com entrecruzamento com dados estatísticos de monitoradores de mídia.

Palavras-chave


crise; impressos; jornalismo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.34176/icone.v12i1.230425

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Sem derivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

A Revista Ícone está sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial CC BY-NC 4.0.

Classificação de Periódicos 2013-2016, CAPES: B4 (Comunicação e Informação)

ISSN 2175-215X

© 1996-2019 Revista Ícone
Programa de Pós-Graduação em Comunicação, UFPE
Av. da Arquitetura, s/n – Cidade Universitária
CEP 50.740-550 Recife (PE), Brasil