Alteridade, diálogo e direitos humanos: Desafios formativos no cenário atual e a perspectiva do interhumano

Maria Betânia do Nascimento Santiago, Ferdinand RÖHR

Resumo



A experiência formativa envolve um amplo leque de questões que tornam o filosofar sobre a educação um grande desafio, especialmente considerando o atual cenário das sociedades contemporâneas. É tarefa de uma filosofia da educação o exercício do pensar sobre essa realidade, que se encontra marcada pela negação de princípios fundamentais à humanização. Nela a afirmação da diferença se configura como um problema, que se alia às formas de indiferença e à ausência de vínculos entre as pessoas. Esse quadro tende a impulsionar o fenômeno da violência, do qual se ocupa o debate sobre os Direitos Humanos. É neste cenário que podemos compreender a exigência de refletir sobre alguns conceitos, e que situamos a problemática da alteridade, como afirmação da essencial diferença do outro. A partir dessa realidade indagamos sobre o papel da educação na constituição de relações mais solidárias no mundo, como possibilidade de que no interior da instituição educativa se compreenda a relação com o outro como modo de ser e sentido do ético. O olhar lançado a essas questões assume as contribuições da antropologia do interhumano de Martin Buber, que, ao reconhecer o primado da relação, do diálogo, nos leva ao sentido do educativo e aos desafios à formação humana em nosso contexto. Desse modo, o trabalho busca articular a problemática anunciada às contribuições advindas dessa filosofia do diálogo, pelo que essa experiência pode oferecer de significativo à compreensão e enfrentamento das questões em pauta, como exigência que se coloca à educação em nossos dias. Alteridade. Diálogo. Direitos Humanos. Formação Humana. Martin Buber.


Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, T. W. Educação e Emancipação. Tradução Wolfgand Leo Maar. Rio de Janeiro: Paz e Terra. (1995) ADORNO, T.W. Minima Moralia. Tradução de Gabriel Cohn. Rio de Janeiro: Beco do Azougue. (2008) ARENDT, H. As origens do totalitarismo. Tradução Roberto Raposo. São Paulo: Companhia das Letras. (1989) ARENDT, H. Homens em tempos sombrios. Trad. de Denise Bottman. São Paulo: Companhia das Letras. (2008) ARENDT, H. A Condição Humana. Tradução de Roberto Raposo. Rio de Janeiro: Forense Universitária. (2014). ARISTÓTELES. Ética à Nicômaco. Trad. de Mário da Gama Kury. 3ª. ed. Brasília: Editora da Universidade de Brasília. (1992) BAUMAN, Z. Comunidade. A busca por segurança no mundo atual. Tradução de Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed. (2003) BONDER, N. Tolerância e o Outro. In. BONDER, N.; SORJ, B. Judaísmo para o Século XX: O rabino e o sociólogo. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, p. 43-51. (2001) BONDER, N. Exercícios da Alma: a cabala como sabedoria em movimento. Rio de Janeiro: Rocco. (2010). BRASIL. Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos. Brasília, DF: Secretaria de Direitos Humanos; Ministério da Educação. (2006) BUBER, M. Eu e Tu. Trad. de Nilton A. von Zuben. 2a. edição. São Paulo: Cortez & Moraes. (1979) BUBER, M. Distanza Originaria e Relazione. In. Il Princípio Dialógico e altri Saggi. Trad. Andréa Poma. 4a. ed. Torino, Itália: Edizione San Pablo. (1994) BUBER, M. Do Diálogo e do Dialógico. Tradução Marta Ekstein de S. Queiroz e Regina Weinber. São Paulo: Perspectiva. (2009) BUBER, M. O caminho do homem segundo o Hassidismo. Tradução Cláudia Abeling. São Paulo: É Realizações. (2011) BUBER, M. Sobre Comunidade. Seleção e Introdução de Marcelo Dascal e Oscar Zimmermann. São Paulo: Perspectiva. (2012) COHN, G. Indiferença, nova forma de barbárie. In. NOVAES, Adauto (org.). Civilização e Barbárie. São Paulo: Companhia das Letras. (2004) GADAMER, H.-G. Verdade e método: traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. Trad. Flávio P. Meurer. 3. ed. Petrópolis: Vozes. (1999) KLUBACK, W. Martin Buber: um exilado na terra de Israel. Trad. Marcelo P. Marques. In Revista Síntese Nova Fase. V. 20, pp. 323-339. (1993) ZUBEN, N. A. Martin Buber: cumplicidade e diálogo. Bauru, SP: EDUSP. (2003).


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Interritórios - ISSN: 2525-7668

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.