Tecendo saberes e práticas no aprender docente do campo: olhares, diálogos e interações do Pibid Diversidade

Maria do Socorro SILVA

Resumo


Este artigo tem como finalidade relatar e refletir sobre a vivencia do Pibid Diversidade Tecendo saberes e práticas no aprender docente do campo: olhares, diálogos e interações do curso de Licenciatura em Educação do Campo do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido/UFCG, que se desenvolveu de março de 2014 a março de 2018, colocou-se como uma iniciativa afirmativa e na perspectiva do fortalecimento da iniciação a docência dos/as Licenciandos/as em Educação do Campo, numa perspectiva de dialogo entre o ensino, a pesquisa e a extensão nas Escolas de Educação Básica do Campo do Cariri Paraibano, tendo como eixo estruturante a docência multidisciplinar no processo formativo, o contexto do semiárido e o diálogo interinstitucional entre Universidade, Escolas e Secretarias de Educação. Refletir sobre a vivência do Pibid Diversidade leva necessariamente a discutir sobre a Licenciatura em Educação do Campo, e como este programa potencializou as concepções e estratégias deste Curso na UFCG, inclusive  numa perspectiva de construção de comunidades de aprendizagem que envolvesse professores/as das escolas e formadores/as da Universidade, para propiciar uma iniciação a docência processual, sistemática e contextualizada na realidade dos sujeitos sociais a quem se destina o profissional da Educação do Campo.

 

Pibid Diversidade. Iniciação a Docência. Licenciatura em Educação do Campo.

 

Weaving knowledge and practices about teacher learning on countrified: perspectives, dialogues and interactions of the Pibid Diversidade

 

Abstract

 

This article aims to report and reflect on the Pibid Diversidade (Institutional Scholarship Initiative Program for Diversity) experience weaving knowledge and practices about teacher learning on countrified: perspectives, dialogues and interactions of the Countrified Education Undergraduate Course from the Center for Sustainable Development of the Semiarid/UFCG, which happened from March 2014 to March 2018, was put forward as an affirmative initiative and with a perspective to strengthening the teaching Licensors initiation in Countrified Education, in a perspective of dialogue between teaching, research and extension in the Basic Countrified Education Schools of the ‘Cariri Paraibano’ (region located in the south of the Brazilian State Paraíba), having as its structuring axis the multidisciplinary teaching in the formative process, the brazilian semi-arid region context and the interinstitutional dialogue between University, Schools and Education Secretariats. Reflecting on the experience of Pibid Diversidade necessarily leads to a discussion about the Degree in Countrified Education, and how this program potentiated the conceptions and strategies of this Course in the UFCG, including on a learning building communities perspective that involved teachers from schools and University trainers, to provide an introduction to procedural, systematic and contextualized teaching in the social subjects reality to which the Countrified Education professional is intended.

 

Pibid Diversidade. Teaching Initiation. Countrified Education Degree.

 


Texto completo:

PDF

Referências


ARROYO, Miguel. O direito a tempos-espaços de um justo e digno viver. In MOLL, Jaqueline et al. Caminhos da Educação Integral no Brasil: direito a outros tempos e espaços educativos. Porto Alegre: Penso, 2012, p. 33-45.

CALDART, Roseli. A escola do Campo em Movimento. In: BEJAMIN, César; ____. Projeto Popular e Escolas do Campo. Brasília, DF: Articulação Nacional por Uma Educação do Campo, 2000. (Coleção Por Uma Educação do Campo, nº. 03).

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

HOLANDA, D. S; SILVA, C. S. M. A contribuição do Pibid na formação docente: Um relato de experiência. Anais do XI Encontro Nacional de Educação Matemática – ISSN 2178-034X. p 1- 13, 2013.

PPP – PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DA LICENCIATURA EM EDUCAÇÃO DO CAMPO-UFCG, 2009.

PIMENTA, S. G; LIMA, M.S.L. Estágio e docência: diferentes concepções. ed. Revista Poíesis -Volume 3, Números 3 e 4, p.5-24, 2006.

RELATÓRIO FINAL DE ATIVIDADES, PIBID-DIVERSIDADE DA UFCG, DEB/CAPES, 2018.

ZEICHNER, K. Repensando as conexões entre a formação na universidade e as experiências de campo na formação de professores em faculdades e universidades. Educação. Santa Maria, v. 35, n. 3, p. 479-504, set./dez. 2010.




DOI: https://doi.org/10.33052/inter.v4i7.238244

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.