Pibid Diversidade: experiência fortalecedora na Licenciatura em Educação do Campo da UnB – Planaltina – DF

Rosineide Magalhães de SOUSA

Resumo


Este artigo traz a experiência do Pibid Diversidade, da CAPES, na Licenciatura em Educação do Campo (LEdoC), da Universidade de Brasília, Campus Planaltina – DF, no período de 2014 ao início de 2018, como política pública de fortalecimento à formação inicial docente. Para este trabalho, são utilizados conhecimentos da área de Educação do Campo e dos Letramentos como prática social, com olhar de uma leitura etnográfica. Tem como contexto principal as escolas de Educação Básica do Campo (da região Centro-Oeste), com ênfase na construção da organização escolar e do trabalho pedagógico para os anos finais do Ensino Fundamental e para o Ensino Médio. Com o objetivo de formar educadores para atuarem na Educação Básica em escolas do campo, simultaneamente, contribuiu para a construção coletiva de um projeto de formação de educadores que sirva como referência a políticas de Educação do Campo. O projeto do Pibid Diversidade, para esse curso, tem, ainda, o objetivo primordial de promover os letramentos múltiplos (leitura e escrita dos diferentes conhecimentos e linguagens, associando diferentes áreas do conhecimento em um trabalho multidisciplinar) dos licenciandos e das escolas do campo.  O Pibid Diversidade ampliou as possibilidades da formação de qualidade dos futuros docentes, promovendo a inserção deles na escola desde o início da licenciatura, possibilitando uma experiência de práxis pedagógica.

 

Educação do Campo. Pibid Diversidade. Formação inicial de professores. Letramentos Múltiplos.

 

Pibid Diversidade: a reinforced experience in the Rural Education Graduation of the UnB – Planaltina – Federal District

 

ABSTRACT

This article brings the experience of the Pibid Diversidade (Institutional Program of Scholarship for the Introduction to Teaching: Diversity), of CAPES, degree in the rural education (LEdoC) of the University of Brasília, Planaltina Campus – Federal District, in the period from 2014 to the beginning of 2018, as a public politic of reinforcement of the initial teachers education. To this work, we use the knowledge in the Rural Education field and the literacy as a social practice, looking through an ethnographic reading. Brought as a main context, schools of basic education of the countryside (in the Midwest region), with emphasis in the construction of the scholar organization and the pedagogic work to the final years of the elementary school and to the high school. The objective of educating teachers to act in the basic education in rural schools, simultaneously, contributed to the collective construction of a project of teachers education that fits as a reference to rural education politics. The project of Pibid Diversidade, to this course, has had the primordial objective of promoting the multiples literacies (reading and writing of different knowledge and languages, connecting different fields of knowledge in a multidisciplinary work) of the graduating students and the rural schools. The Pibid Diversidade widened the possibilities of education with quality to the future teachers, furthering their insertion in the school since the start of the graduation, making possible an experience of a pedagogic praxis.

 

Rural Education. Pibid Diversidade. Initial Teachers Education. Multiple Literacies.


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Ana Lúcia de Campos. O professor-leitor, sua identidade e sua práxis. In: KLEIMAN, Angela B. (Org.) A formação do professor: perspectivas da linguística aplicada. São Paulo: Mercado de Letras, 2001.

BAZERMAN, Charles. Gêneros textuais, tipificação e interação. São Paulo: Cortez, 2005.

BORTONI-RICARDO, Stella Maris. Manual de Sociolinguística. São Paulo: Contexto, 2014.

CALDART, Roseli S. Por uma educação do campo: traços de uma identidade em construção. In: KOLLING, Cerioli; CALDART, Roseli S. (Orgs). Educação do Campo: identidade e políticas públicas. Brasília: Coleção por uma Educação do Campo, 2002.

CALDART, Roseli S. et. al. (Orgs). Dicionário da Educação do Campo. Rio de Janeiro/São Paulo: Expressão Popular, 2012.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler. 49ª ed. São Paulo: Cortez, 2008.

KLEIMAN, Angela B. (Org.). A formação do professor: perspectivas da linguística aplicada. São Paulo: Mercado de Letras, 2001.

MACHADO, Catarina dos Santos. As contribuições do Pibid Diversidade à formação docente da LEdoC da Universidade de Brasília. In: SOUSA, Rosineide Magalhães de et al (Orgs). Letramentos Múltiplos e Interdisciplinaridade na Licenciatura em Educação do Campo. Brasília: DEX/UnB, 2016.

MOLINA, Mônica C.; SÁ, Lais M. Licenciatura em Educação do Campo: registros e reflexões a partir das experiências-piloto (UFMG; UnB; UFBA e UFS). Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2011.

MOLINA, Mônica C.; HAGE, Salamão. Política de formação de educadores do campo no contexto de expansão da educação do campo no contexto de expansão da educação superior. Revista Educação em Questão, Natal, v.51, n. 37, p. 121-146. Jan/abr., 2015.

MOLINA, Mônica C. Prefácio. In: SOUSA, Rosineide Magalhães de et al (Orgs). Letramentos Múltiplos e Interdisciplinaridade na Licenciatura em Educação do Campo. Brasília: DEX/UnB, 2016.

PPP. Projeto Político Pedagógico. Universidade de Brasília (UnB), Faculdade de Planaltina (FUP), Licenciatura em Educação do Campo (LEdoC). Brasília: UnB, 2009.

ROJO, Roxane. Letramentos múltiplos, escola e inclusão social. São Paulo: Parábola Editorial, 2006.

SOUSA, Rosineide Magalhães de et al (Orgs). Letramentos Múltiplos e Interdisciplinaridade na Licenciatura em Educação do Campo. Brasília: DEX/UnB, 2016.




DOI: https://doi.org/10.33052/inter.v4i7.238245

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.