O pensamento pedagógico de Paulo Freire à luz da filosofia da educação

José Luís A Gonçalves

Resumo


Propomo-nos analisar neste artigo o pensamento pedagógico de Paulo Freire na ótica da filosofia da educação. Entendendo-se esta área de saber, simultaneamente, como reflexão tanto das problemáticas educacionais (no plano epistemológico e hermenêutico) como das problemáticas educativas (dimensão ética e antropológica) presentes no discurso pedagógico de Paulo Freire, a nossa análise assentará numa circularidade epistemo-antropológica deste pensamento. Dito de outra forma, é nossa intenção caracterizar a relação estreita que estabelecem entre si uma epistemologia da práxis e uma antropologia dialógica no pensamento pedagógico deste grande educador.

Texto completo:

PDF

Referências


BLOCH, E. . O princípio esperança. Rio de Janeiro: UERJ/Contraponto, v. 1, 2005.

CARVALHO, A. D. Educação como Projecto Antropológico. 2. Ed. Porto: Edições

Afrontamento (Biblioteca das Ciências do Homem/Ciências da Educação; 7), 1998.

__________A educabilidade como dimensão antropológica. Filosofia. Revista da

Faculdade de Letras da Universidade do Porto, vol. 7, 1990, pp. 145-156.

CHARBONNEL, N.. Pour une Critique de la Raison Pédagogique. Berna: Peter

Lang, 1988.

DUSSEL, E.. Ética de la liberación en la edad de la globalización y de la

exclusión. Madrid: Trotta, 2002.

FREIRE, P.. Pedagogia da Esperança. 7. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2000a.

______. Educação como Prática da Liberdade. 24. ed. Rio de Janeiro: Paz e

Terra, 2000b.

______. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de

Janeiro: Paz e Terra, 1996.

______. Extensão ou Comunicação? 10. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

______. Pedagogia do Oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

______. Educação e Mudança. 7. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1983.

______. Conscientização: teoria e prática da libertação. 3. ed. São Paulo: Ed.

Moraes, 1980.

______. Acção Cultural para a Libertação e os escritos. Portugal: Moraes

Editores, 1977.

FREIRE, P. & MACEDO, D. . Alfabetização: leitura do mundo e leitura da palavra. 2.

ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1994.

FULLAT I GÉNIS. O. . Antropología Filosófica de la Educación. Barcelona:

Editorial Ariel Educación, 1997.

GONÇALVES, J. L. . Aprender na e com a vida – a problematização da experiência

como processo de consciencialização. In Cadernos de Pedagogia Social. Lisboa:

Universidade Católica Editora, n. 3, ano III, 2009, pp. 35-44,.

WOHLFART, J. A.. Fundamentos Dialéticos da Pedagogia do Oprimido. Editora

IFIBE, Coleção Diá-Logos, 2013.

REBOUL, O.. A Filosofia da Educação. Lisboa: Edições 70, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista INTERRITÓRIOS