AUTONOMIA TERRITORIAL E RESISTÊNCIA: Pensar novos mundos

Rafael Barra Amador

Resumo


O presente trabalho em certa medida arvora-se em pensar em diferentes escalas geográficas de análise – América Latina, Brasil, Maranhão – exemplos que possam ajudar no que buscamos compreender enquanto processos de autonomia territorial e as práticas de resistências que conduziram à autonomia em algum nível de diferentes grupos sociais em distintos espaços. Para a coleta de informações realizou-se levantamento de dados secundários bem como os trabalhos de campo, sobretudo, em relação à realidade maranhense. Como resultados preliminares realizou-se um levantamento de movimentos sociais populares, representados por seguimentos camponeses que atuam em especial no campo, destacando a busca por autonomia territorial e formas de resistência.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 
 
 LATINDEX
 
Thumbnail
 
 
Sumários.org