O antigo e o novo testamento: livro didático e apostila escolar

Clecio Bunzen

Resumo


Este trabalho tem como objetivo discutir o ensino apostilado, observando a realidade educacional
brasileira e seu contexto sócio-político-cultural. A introdução das apostilas como substitutas do livro
didático deve-se ao desenvolvimento do ensino privado e ao descaso do Estado em relação à educação
em geral. Pretendemos, então, situar as apostilas historicamente e refletir sobre : a) o porquê de as
escolas adotarem este material; b) como este material é visto pelos professores e alunos. Esperamos que
um debate sobre esses materiais contribua para uma prática voltada para o “comando” dos professores,
pensando nos alunos como sujeitos heterogêneos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.