A PLURIVOCALIDADE EM INFÂNCIA, DE GRACILIANO RAMOS

Michelle Valois

Resumo


Neste trabalho analisamos as formas de transmissão e assimilação da voz do outro no contexto narrativo da obra Infância, de Graciliano Ramos. Verificamos que a plurivocalidade, enquanto multiplicidade de discursos, organiza-se na obra como uma relação contrastiva entre a transmissão direta e a indireta.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.