Análise do Discurso Crítica do padrão de esposa na matéria jornalística Marcela Temer: bela, recatada e “do lar”

Dalilla Limeira Costa, Jéssica da Silva Souza

Resumo


Resumo: O presente trabalho objetiva analisar as estratégias utilizadas pela matéria Marcela Temer: bela, recatada e “do lar” para evidenciar o padrão de esposa. Para isso, utilizamos a abordagem de Van Dijk (2015, 2017), mais especificamente, a triangulação discurso-cognição-sociedade e selecionamos nove trechos dessa matéria, retirada da revista Veja, para realizar a análise. Trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativa, que se configura como básica e descritiva (SILVA, 2015). Notamos que a matéria elenca vários adjetivos à Marcela, pela beleza e pela dedicação à família e ao marido, destacando além da beleza, a moral por meio de exemplos do cotidiano, que são utilizados para validar o discurso. Com isso, a revista buscou comprovar que ela era digna dos adjetivos postos no título da matéria e, dessa forma, um exemplo a ser seguido e admirado por outras mulheres. Para mais, a construção desse discurso representa a ideologia patriarcal de grupos da elite dominante que buscam a manutenção desse tipo de desigualdade social. Por esse poder não ser absoluto, estão suscetíveis as ações de minorias que resultam em um contrapoder.

  

Palavras-chave: Matéria; Padrão de esposa; Discurso.


Palavras-chave


Análise do Discurso Crítica; Matéria jornalística; Linguística

Referências


Referências

COUTO, Felipe Fróes; CARRIERI, Alexandre de Pádua. Análise Crítica do Discurso: a teoria a partir de Teun A. Van Dijk. In: XXI Seminários em Administração, 2018, São Paulo. Anais do SEMEAD. São Paulo: Feausp, 2018. p. 1-11. Disponível em: https://login.semead.com.br/21semead/anais/resumo.php?cod_trabalho=781. Acesso em: 04 abr. 2020.

LINHARES, Juliana. Marcela Temer: bela, recatada e do “lar”. 2016. Disponível em: https://veja.abril.com.br/brasil/marcela-temer-bela-recatada-e-do-lar/. Acesso em: 26 mar. 2020.

Melo, I. F. (2009). Análise do discurso e análise crítica do discurso: desdobramentos e intersecções. Revista Eletrônica de Divulgação Científica em Língua Portuguesa, Linguística e Literatura, 5(11), 1-18.

SILVA, Airton. Marques. Metodologia da pesquisa. UAB UECE. 2º ed. Fortaleza: ED UECE, 2015.

VAN DIJK, Teun A. Discurso e cognição na sociedade. Revista Portuguesa de Humanidades, v. 19, n. 1, p. 19-52, 2015.

_____. Discurso e poder. 2º ed. São Paulo: Contexto, 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.