Estudo da Amenidade Térmica Proporcionada Pela Reserva Ecológica de Dois Irmãos, Recife - PE (Study of Thermal Amenity Provided by the Ecological Reserve of Dois Irmãos, Recife - PE)

Karlla Emmanuelle Cunha Arruda

Resumo


Devido ao intenso processo de urbanização, hoje, o desconforto e a inospitabilidade urbana no ritmo cotidiano da população, especialmente nas grandes cidades, são questões cada vez mais presentes. Densidade populacional, degeneração das áreas verdes e poluição são alguns dos estressores ambientais aos quais as populações urbanas estão sujeitas. A maioria das grandes metrópoles brasileiras está localizada ao longo da costa, região de domínio de um dos biomas mais devastados do mundo e o mais ameaçado do país, a Floresta Atlântica. Nesse sentido, o presente trabalho, realizado em uma reserva florestal urbana no Recife, ressalta uma das funções desempenhadas pela vegetação, a amenidade termal, por meio da análise e comparação de índices de temperatura atmosférica e do solo, umidade relativa do ar e velocidade do vento aferidos dentro da unidade de conservação da Mata de Dois Irmãos, Recife - PE e nas áreas urbanizadas em seu entorno, a partir de 4 (quatro) pontos posicionados na área urbanizada a cerca de 200 metros de distância da Mata nos pontos cardeais norte,sul,leste e oeste; 4 (quatro) pontos nas bordas da Mata, também nos devidos pontos cardeais; e 2 (dois) pontos na região interna da Mata. Com os resultados obtidos foi possível observar uma variação de cerca de 5°C de diferença entre a área verde e a área urbanizada, acerca da umidade, a diferença chegou a 20%, ressaltando a importante interferência da vegetação no ambiente climático urbanizado, e a necessidade em se preservar as áreas verdes nos centros urbanos, tanto para a amenização climática, quanto para a melhoria da qualidade de vida e conforto térmico da população.

Palavras-Chave: Amenidade térmica, áreas verdes, preservação ambiental.

 

Study of Thermal Amenity Provided by the Ecological Reserve of Dois Irmãos, Recife - PE

 

ABSTRACT 

Due to intense urbanization process, today, the discomfort and daily rhythm in inhospitable urban population, especially in big cities, are issues increasingly present. Population density, degeneration of the green areas and pollution are some of the environmental stressors to which urban populations are subject. Most of the major Brazilian cities are located along the coast, a region domain of the biomes of the world most devastated and most threatened of the country, the Atlantic Forest. Accordingly, the present work was undertaken in an urban forest reserve in Recife, highlights one of the functions performed by vegetation, the thermal amenity, through analysis and comparison of indices of air and soil temperature, relative humidity and air velocity wind measured within the protected area of the Mata de Dois Irmãos, Recife - PE and in urban areas around it, from 4 (four) positioned in the urbanized area about 200 meters from the forest at the cardinal points north, south, east and west; 4 (four) edges of the Forest, also in the proper points of the compass, and 2 (two) points in the inner region of the Mata. With these results it was possible to observe a variation of about 5 ° C difference between the green area and urbanized area, about the humidity, the difference was 20%, highlighting the important influence of vegetation on the climatic environment urbanized, and the need to preserving green areas in urban centers, both for alleviating climate, how to improve life quality and thermal comfort of the population.

Keywords: Thermal amenity, green areas, environment preservation.


Palavras-chave


amenidade térmica; áreas verdes; preservação ambiental

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v3.3.p196-203



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License