A Adoção da Variável Ambiental para a Materialização da Sustentabilidade em Empresas do Setor Extrativistas Localizadas no Cariri E Seridó Paraibano

Vagner Souza Felix, Waleska Castro Cavalcanti

Resumo


Este artigo procura verificar a existência de práticas de gestão ambiental e sua importância para a promoção da sustentabilidade em empresas do setor extrativista localizadas no cariri e seridó paraibano. O trabalho discute a importância da adoção do Sistema de Gestão Ambiental e dos demais instrumentos de Avaliação de Impacto Ambiental para a materialização da sustentabilidade ambiental nesse segmento. A pesquisa também tem o objetivo de identificar os principais impactos ambientais gerados pelas empresas investigados. Para a realização da pesquisa, inicialmente foi feito um levantamento bibliográfico a respeito da temática em questão. Em seguida, foram visitadas cinco empresas que atuam no setor de mineração nas microregiões do Cariri e Seridó Paraibano. As visitas foram planejadas de forma a proporcionar o melhor entendimento das atividades desenvolvidas por esse setor de produção, e com isso compreender na prática, como se organiza e como é feito o processo de avaliação dos impactos, não só em escala ambiental, mas também em escala socioeconômica. O critério de escolha para cada parada foi o grau de relevância dos lugares para a observação e identificação dos impactos visuais. Os materiais utilizados para coleta de dados e informações no campo foram: gravador de voz, mapas, GPS e câmera fotográfica. Também foram realizadas entrevistas informais com pessoas diretamente envolvidas na atividade de mineração e com membros da população local. Como resultado final, obteve-se a identificação dos principais impactos socioambientais causados pela atividade de mineração na região, além de uma visão geral das práticas de planejamento ambiental presentes e/ou ausentes nos empreendimentos visitados.

Palavras-chave


Mineração; Avalia de Impactos Socioambientais; Sistema de Gestão Ambiental; Sustentabilidade ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v5.2.p346-360



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License