Trends in precipitation extremes over the Northern part of Brazil from ERA40 dataset (Tendências nos Extremos de Precipitação sobre a Parte Norte do Brasil através dos Dados do ERA40)

Carlos Antonio Costa dos Santos, José I. B. de Brito, Carlos H. F. da S. Júnior, Leydson G. Dantas

Resumo


Trends in extreme climate indices were obtained with ERA40 gridded precipitation data over northern Brazil region that includes most of the Amazon Basin and interior of Northeast Brazil. The indices representing one-day highest precipitation in a month, number of rainy days, monthly maximum 5-day consecutive precipitation and number of heavy precipitation days showed increasing trends over most of the grid points of the study region. Although negative trends in wet days were obtained at some grid points, they are not statistically significant. The negative trends are mostly confined to Mato Grosso and southern Pará states, where the deforestation in the period of study was intense.  Consistently, the index representing the number of dry days showed a negative trend at the points where the number of wet days, very wet days and annual precipitation amounts showed positive trends.

Keywords: Amazon, deforestation, sea surface temperature, reanalysis

 

Tendências nos Extremos de Precipitação sobre a Parte Norte do Brasil através dos Dados do ERA40

 

RESUMO

Foram obtidas tendências em índices de extremos climáticos com dados de precipitação do ERA40 para a parte norte do Brasil que inclui grande parte da Bacia Amazônica e do Nordeste do Brasil. Os índices que representam os maiores valores de precipitação em um dia, número de dias chuvosos, precipitação máxima em 5 dias consecutivos e o número de dias anuais com precipitação intensa mostraram tendências crescentes para a maioria dos pontos de grade da região de estudo. Embora tenham sido encontradas tendências negativas para os dias úmidos em alguns pontos de grade, os mesmos não apresentaram significância estatística. As tendências negativas são principalmente limitadas para Mato Grosso e sul do Pará onde o desmatamento no período de estudo foi intenso.  Constantemente, o índice que representa o número de dias secos mostrou uma tendência negativa para os pontos onde o número de dias úmidos, muito úmidos e a precipitação total anual mostraram tendências positivas.

Palavras - chave: Amazônia, desflorestamento, temperatura da superfície do mar, reanálises


Palavras-chave


Amazon, deforestation, sea surface temperature, reanalysis

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v5.4.p836-851



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License