Análise Geoestatística da Precipitação Pluvial do Estado da Paraíba (Geostatistical Analysis of Precipitation in Paraiba State)

Carlos Antonio Costa dos Santos, Oseas Machado Gomes, Francisco de Assis Salviano de Souza, Willian de Paiva

Resumo


Este trabalho tem como objetivo estudar a variabilidade espacial da precipitação pluvial média mensal do Estado da Paraíba, no período de 1962 a 2001, utilizando técnicas geoestatísticas. Os dados foram cedidos pela Unidade Acadêmica de Ciências Atmosféricas (UACA) da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), coletados em estações meteorológicas e postos pluviométricos localizados em 102 municípios do Estado. Foi usado o semivariograma para determinar a dependência espacial da variável em estudo, em seguida foi feita uma análise descritiva dos dados a fim de resumir a série e descrevê-la em termos numéricos. De acordo com os resultados obtidos todos os variogramas apresentaram forte dependência espacial (IDE ≥ 75%), com exceção dos meses de junho a setembro que apresentaram tendências nas séries e dificuldade no ajuste dos modelos de comportamento espacial. De acordo com a análise descritiva dos dados os coeficientes de variação apresentaram alta dispersão (Cv > 20%) entre os valores, indicando grande variabilidade da chuva. Também foram confeccionados mapas de krigagem ordinária para os meses de janeiro, fevereiro, outubro e novembro. Tomaram-se como critério os valores dos coeficientes de determinação (R2 > 93%) para se obter os mapas ajustados pelos modelos e os mapas dos resíduos.  

Palavras – Chave: Geoestatística, precipitação e krigagem ordinária. 

 

Geostatistical Analysis of Precipitation in Paraiba State 

 

ABSTRACT

This work aims to study the spatial variability of monthly average rainfall of the State of Paraíba, in the period 1962 to 2001, using geostatistical techniques. The data were provided by the Academic Unit of Atmospheric Sciences (UACA), Federal University of Campina Grande (UFCG), collected from weather stations and climatic stations located in 102 municipalities in the State. Semivariogram was used to determine the spatial dependence of the variable under study was then carried out a descriptive analysis to summarize the series and describe it in numerical terms. According to the results of all variograms showed a strong spatial dependence (IDE ≥ 75%), with the exception of the months from June to September which showed trends in the series and difficulty in adjusting the models of spatial behavior. According to the data descriptive analysis coefficients of variation showed a high dispersion (CV > 20%) between the values, indicating great variability in rainfall. Were also made maps of ordinary kriging for the months of January, February, October and November. Were taken as criteria, the coefficients of determination (R2 > 93%) to obtain the maps set by models and residual maps. 

Keywords: Geostatistics, kriging and precipitation.


Palavras-chave


Geoestatística; precipitação; krigagem ordinária

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v4.4.p692-702



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License