O Conceito e a Instrumentalização da Natureza: Olhares Transversais na Dinâmica Territorial da Praia do Paiva-PE (The Concept and the Instrumentalization of Nature: Cross-looks in the Territorial Dynamics of Paiva Beach-PE)

Bruno Augusto Pontes, Cláudio Jorge Castilho

Resumo


As construções dos conceitos são reflexos das relações sociais de produção ao longo da História. Este estudo realiza uma analogia entre as práticas sociais e os conceitos instituídos, que são seus reflexos, analisando a evolução do conceito de Natureza e relacionando-o com a atual dinâmica territorial de (re)produção do espaço na Praia do Paiva, no estado de Pernambuco. Assume-se uma postura dialética, visto que a dinâmica territorial da Praia do Paiva é plena de contradições, conflitos e tensões, mas, simultaneamente, de possibilidade de diálogos. O estudo aborda diferentes construções da visão da natureza na história humana no âmbito das discussões filosóficas, apresentando-as como complexas, expondo a dinâmica territorial da produção do espaço na Praia do Paiva, debatendo como o conceito “forjado” de natureza corrobora para a dinâmica territorial atual no Paiva, trazendo à discussão a necessidade de refletir sobre outras formas de pensar e agir ambientalmente.

Palavras-chave


natureza; sociedade; reprodução do espaço; Praia do Paiva

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v9.3.p722-736



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License