Análise de Feições da Paisagem Cárstica na Área de Proteção Ambiental de São Desidério-BA (Feasts Analysis of the Karst Landscape in the Area of Environmental Protection of São Desidério-BA City)

Robson Braga Dantas

Resumo


Nesta pesquisa foram analisadas as feições da paisagem exocárstica da APA de São Desidério-BA. Para tal, investigou-se a geomorfologia estrutural e morfoescultural, indo do 1° ao 5° táxon. Utilizou-se de carta topográfica na escala 1:100 00 e uso do software QGIS 2.16.1 com radar SRTM/TOPODATA e imagens LANDSAT 08. O método aplicado no campo foi de caminhamento livre mediante observação da paisagem e descrição físico-geográfica com GPS e Câmera fotográfica. Os resultados apontam três setores: X) planície fluviocárstica entre cânions expondo ressurgências e sumidouros; dolina alagada com bordas tabulares e convexas; feições do tipo karrens em caneluras e alveolares, humes e verrugas. Y) dolina com bordas circulares e vales abruptos, parcialmente alagados; dolina com vertentes retilíneas e côncavas, favorecendo a convergência de fluxos pluviais e acúmulo de sedimentos e drenagem subterrânea com padrão linear; feições cársticas constituídas por Humes, torres e karrens. K) topos convexos e tabulares compondo humes e maciços entalhando karrens e verrugas.

Palavras-chave: Área de Proteção Ambiental; Geomorfologia; Carste.

 

 

A B S T R A C T

The main purpose of this resarch was to analyse the APA characteristics of the karst landscape from São Desidério-BA city. Primarely, it had been investegated the structural and morphosculptural geomorphology, ranging from the 1st to the 5th taxon. A topographic chart was used on the scale 1: 100 000 in order to reach measurement searches as well as and the QGIS 2.16.1 software and also making usage of the SRTM / TOPODATA radar and LANDSAT 08 images. The applied method in the investigated field was about free walking through observation of the landscape and physical-geographical description with GPS and digital camera. The results point out through three sectors: X) fluviokarst plain between canyons exposing resurgences and sourcesinks landscapes; flooded dolina with tabular and convex edges; karrens type features in fluting and alveolar, humes and warts. Y) circular edges dolinas and abrupt valleys, partially flooded; rectilinear and concave slope dolinas, favoring the convergence of rainfall flows and accumulation of sediments and underground drainage with linear pattern; karst features consisting of Humes, towers and karrens. K) tabular and convex tops composing humes and also massive which are carving karrens and warts. 

Keywords: Environmental Protection Area; Geomorphology; Karst


Palavras-chave


Área de Proteção Ambiental; Geomorfologia; Carste.

Texto completo:

XML

Referências


Ab´Sáber, A. N. Um conceito de geomorfologia a serviço das pesquisas sobre o Quaternário. Geomorfologia. n. 18, IG-USP, S. Paulo, 1969.

Campos, J. E. G.; Dardenne, M. A. Origem e evolução tectônica da Bacia Sanfranciscana. Revista Brasileira de Geociências, v. 27, n. 3, p. 283-294, set. 1997.

Cavalcanti. L.C. S. Cartografia de Paisagens: Fundamentos. São Paulo: Oficina de textos, 2014. 96 p.

Casseti, V. Geomorfologia. [S.l.]: [2005]. Disponível em: . Acesso em: 03 de agosto de 2015.

Christofoletti, A. Geomorfologia. 2 ed. São Paulo: Edgard Blücher, 1980.

Dantas, R.B.; Almeida, L.F.S.; Morato, L.. Geocronologia do Grupo Bambuí e aspectos da geomorfologia cárstica no Parque Municipal da Lagoa Azul, São Desidério (BA). In: RASTEIRO, M.A.; Morato, L. (orgs.) CONGRESSO BRASILEIRO DE ESPELEOLOGIA, 32, 2013. Barreiras. Anais... Campinas: SBE, 2013. p.401-406. Disponível em: . Acesso em: data do acesso em 01 de junho de 2015.

Dantas, Robson Braga. Análise geomorfológica do carste da área de proteção ambiental de São Desidério - BA.2017. 124f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal do Tocantins, Programa de Pós-Graduação em Geografia, Porto Nacional, 2017.

Galvão, A. L. O.; Ferreira, C. F.; Rossato, R. M.; Reino, J. C. R.; Jansen, D. C.; Vilela, C. V. Breve descrição do patrimônio espeleológico do município de São Desidério – BA. Revista Brasileira de Espeleologia, v.2, n.1, p.13-28, 2012.

Florenzano, Tereza Gallotti (org.). Geomorfologia: conceitos e tecnologias atuais. São Paulo: Oficina de Textos, 2008.

Kohler, H.C.; Castro, J.F.M. Geomorfologia cárstica. In: Guerra, A.J.T.; Cunha, S.B. da. Geomorfologia: Exercícios, Técnicas e Aplicações. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2009.

Kohler, H.C. Geomorfologia Cárstica na Região de Lagoa Santa-MG. 1989.113p. Tese (Doutoramento em Geografia) – Universidade de São Paulo– USP, 1989.

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE – MMA. Sistema Nacional de Unidades de Conservação. Disponível em: Acesso em: 21 de novembro de 2015.

Piló, L.B. Geomorfologia Cárstica. Revista Brasileira de Geomorfologia, v. 1, n.1, 2000.

Ross, J. S. Registro cartográfico dos fatos geomorfológicos e a questão da taxonomia do relevo. Rev. Geografia. São Paulo, IG-USP, 1992.

Ross, J. L. S. Ecogeografia do Brasil: Subsídios para Planejamento Ambiental. São Paulo: Oficina de Textos, 2009.

Ross, J. L.S.; Fiertz, M.S.M. In: Algumas Técnicas de Pesquisa em Geomorfologia. Venturi, L. A. B. Praticando geografia: Técnicas de campo e laboratório em geografia e análise ambiental. São Paulo: Oficina de Textos, 2005. p. 69-84.

Rubbioli, E. L. A garganta do Bacupari e o Sistema do João Rodrigues; São Desidério – Bahia. O Carste. v.16, n.1, p.13-17, 2004.

Travassos. L.E.P. Considerações Sobre a Região do Carste de Cordisburgo, Minas Gerais, Brasil. Editora Tradição Planalto, Belo Horizonte, MG, 2010.

Travassos, L.E.P; Rodrigues, B.D; Timo, M.B. Glossário conciso e ilustrado de termos cársticos e espeleológicos. Belo Horizonte:PUC Minas, 2015. 65 p. (ISBN 978-85-8239-032-0).

White, W. B. Geomorphology and Hydrology of Karst Terrains. New York, Oxford University Press: 1988.

Valeriano, M. M. Dados topográficos. In: Florenzano, T. G. (Org.). Geomorfologia: conceitos e tecnologias atuais. São Paulo: Oficina de Textos, 2008b. p. 74-103.

Valeriano, M. M. Topodata: guia para utilização de dados geomorfológicos locais. São José dos Campos: INPE, 2008a.

Valeriano, M. M.; Albuquerque, P. C. G. Topodata: processamento dos dados SRTM. São José dos Campos: INPE, 2010.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Revista Brasileira de Geografia Física - eISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License