A implementação de ações sustentáveis baseadas na Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P): uma experiência extensionista no ambiente universitário

Henrique Elias Pessoa Gutierres, Iran Araújo Cabral, Rafaella Rodrigues da Silva

Resumo


A Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) surge com o propósito de estimular a inserção de práticas sustentáveis nos órgãos públicos das três esferas de governo (Federal, Estadual e Municipal) e nos três poderes da república (Executivo, Legislativo e Judiciário). O artigo aborda a implementação de ações sustentáveis, a partir das diretrizes estabelecidas pela A3P, no tocante ao consumo de energia elétrica, água, gestão de resíduos (papel, plástico, pilhas, baterias, lâmpadas fluorescentes e óleo de cozinha), comunicação, ações de conscientização e capacitação, em três setores da Universidade Federal da Paraíba. Os resultados obtidos demonstram que ações pontuais e em menor escala podem ser bastante eficazes na promoção de uma consciência ambiental no cotidiano da administração pública brasileira.

 

 

The implementation of sustainable actions based on the Environmental Agenda in Public Administration (A3P): an extensionist experience in the university environment

 

A B S T R A C T

The Environmental Agenda in Public Administration (A3P) was created with the purpose of stimulating the insertion of sustainable practices in public bodies of the three spheres of government (Federal, State and Municipal) and in the three branches of government (Executive, Legislative and Judiciary). The text addresses an example of public environmental management through the implementation of sustainable actions, based on the guidelines established by A3P, regarding the consumption of electricity, water consumption, waste management (paper, plastic, batteries, fluorescent lamps and cooking oil), communication, awareness raising and training actions, in three sectors of the Federal University of Paraíba. The results show that timely actions and to a lesser extent can be quite effective in promoting an environmental awareness in the daily life of the Brazilian public administration.

Keywords: Public environmental management, sustainable actions, environmental awareness.


Palavras-chave


: Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P), práticas sustentáveis, consciência ambiental.

Texto completo:

PDF

Referências


Alves, A. R., 2017. Responsabilidade ambiental: os benefícios de um sistema de gestão ambiental (SGA) em Instituição de Ensino Superior (IES). Revista da Universidade Ibirapuera [online] 13. Disponível: http://seer.unib.br/index.php/rev/article/view/105 . Acesso: 15 nov. 2018.

Andrade, L.P., Brito, M.J. de., Brito, V. da G.P., Baeta, O.V., 2016. Estratégia como prática: uma análise das práticas ambientalistas da Universidade Federal de Lavras (UFLA). Revista de Gestão Social e Ambiental-RGSA [online] 10. Disponível: https://doi.org/10.24857/rgsa.v10i2.1129. Acesso: 07 fev. 2019.

Arana, A. R.A., Esturaro, L.M.C, 2016. Política Ambiental Integrada: Um Estudo sobre a Gestão Ambiental em Universidades. Editora Appris, Curitiba.

Arana, A. R. A., Bizarro, L. M. C. E., 2018. Os desafios da gestão ambiental na universidade. Revista Gestão e Sustentabilidade Ambiental [online] 7. Disponível: http://dx.doi.org/10.19177/rgsa.v7e12018559-579. Acesso: 07 fev. 2019.

Arvidsson, K, 2004. Environmental management at Swedish universities. International Journal of Sustainability in Higher Education [online] 5. Disponível: https://doi.org/10.1108/14676370410512616. Acesso: 23 out. 2018.

Boff, M. L., Oro, I.M., Beuren, I.M., 2008. Gestão Ambiental em Instituição de Ensino Superior na Visão de seus Dirigentes. Revista de Contabilidade UFBA [online] 2. Disponível: http://dx.doi.org/10.9771/rc-ufba.v2i1.2589. Acesso: 11 fev. 2019.

Brasil, 1988. Constituição da República Federativa do Brasil. Diário Oficial, Brasília, DF.

Brasil, 2006. Lei Federal nº 11.416, de 15 de dezembro de 2006. Dispõe sobre as Carreiras dos Servidores do Poder Judiciário da União, Brasília, DF.

Brasil, 2009. Agenda ambiental na administração pública. MMA/Comissão Gestora da A3P, 5ª edição, Brasília, DF.

Brasil, 2017. Gestão socioambiental nas universidades públicas. MMA/Comissão Gestora da A3P, Brasília, DF.

Carpenter, D., Meehan, B., 2002. Mainstreaming environmental management: Case studies from Australasian universities. International Journal of Sustainability in Higher Education [online] 1. Disponível: https://doi.org/10.1108/14676370210414155. Acesso: 29 set. 2018.

Conselho Nacional de Justiça (CNJ), 2015. Resolução nº 201, de 3 de março de 2015. Dispõe sobre a criação e competências das unidades ou núcleos socioambientais nos órgãos e conselhos do Poder Judiciário e implantação do respectivo Plano de Logística Sustentável (PLS-PJ). Disponível: http://www.cnj.jus.br/busca-atos-adm?documento=2795. Acesso: 22 nov. 2018.

Costa, D.A., Fridrich, G.A., Marinho, R.S.A., Pinheiro, M.P.G., Miranda e Silva, J.C., Santos, M.L.F., Souza, A.H.F.F., Crispim, M.C., 2017. Planejamento e gestão ambiental na Universidade Federal da Paraíba, Nordeste do Brasil: análise e contribuições. Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade [online] 4. Disponível: 10.21438/rbgas.040801. Acesso: 08 fev. 2019.

Disterheft, A.; Caiero, S., Azeiteiro, U., Filho, W.L., 2014. Sustainable Universities: A Study of Critical Success Factors for Participatory Approaches. Journal of Cleaner Production [online] 106. Disponível: https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2014.01.030. Acesso: 11 fev. 2019.

Engelman, R., Fracasso, E.M., Tometich, P., Nascimento, L.F., 2013. Práticas de gestão ambiental em universidades brasileiras. Revista de Gestão Social e Ambiental – RGSA [online], 7. Disponível: https://doi.org/10.24857/rgsa.v7i3.740. Acesso: 23 set. 2018.

Frade, E. G., 2017. Diretrizes curriculares nacionais para a educação ambiental: proposição de metodologia para plano de gestão ambiental em instituições de ensino superior. Tese (Doutorado). Lavras, UFLA.

Fonseca Filho, L.F., Bogdezevicius, C.R., Faganello, C.R.F., 2018. Gestão Ambiental nas Instituições de Ensino Superior: Uma Análise da Universidade Federal do Sul da Bahia - UFSB. Revista da Administração – RACE [online] 1. Disponível: http://dx.doi.org/10.3131/race.v1i0.796. Acesso: 09 fev. 2019.

Furiam, S. M., Gunther, W. R., 2007. Avaliação da Educação Ambiental no Gerenciamento dos Resíduos Sólidos no Campus da Universidade Estadual de Feira de Santana. Revista Sitientibus [online] 35. Disponível: http://www2.uefs.br/sitientibus/edicoes/35.htm. Acesso: 04 set. 2018.

Gazzoni, F., Scherer, F.L., Hahn, I.S., Carpes, A.de M., Santos, M.B. dos, 2018. O papel das IES no desenvolvimento sustentável: estudo de caso da Universidade Federal de Santa Maria. Revista Gestão Universitária na América Latina – GUAL [online], 11. Disponível: https://doi.org/10.5007/1983-4535.2018v11n1p48. Acesso: 06 fev. 2019.

Guerra, A.F.S., Figueiredo, M.L., 2014. Ambientalização curricular na Educação Superior: desafios e perspectivas. Educar em Revista [online] 3. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/0104-4060.38110. Acesso: 10 fev. 2019.

Horhota, M., Asman, J., Stratton, J.P., Halfacre, A.C., 2014. Identifying behavioral barriers to campus sustainability. International Journal of Sustainability in Higher Education [online], 15. Disponível: https://doi.org/10.1108/IJSHE-07-2012-0065. Acesso: 15 nov. 2018.

Leal Filho, W., Manolas, E., Pace, P., 2015. The future we want: key issues on sustainable development in higher education after Rio and the UN decade of education for sustainable development. International Journal of Sustanability in Higher Education [online] 16. Disponível: https://doi.org/10.1108/IJSHE-03-2014-0036. Acesso: 23 nov. 2018.

Lima, A. C. P. de, Golembiewski, C., 2015. Agenda Ambiental na UNICENTRO: um estudo da qualidade de vida no trabalho a partir do método Kruger. Revista Brasileira de Tecnologias Sociais [online] 2. Disponível: http://dx.doi.org/10.14210/rbts.v2n1.p23-36. Acesso: 02 dez. 2018.

Lozano, R., 2011. The state of sustainability reporting in universities. International Journal of Sustainability in Higher Education [online] 12. Disponível: https://doi.org/10.1108/1467637111109831. Acesso: 05 set. 2018

Marinho, M.B., 2014. Universidades e sustentabilidade. Uma pesquisa em instituições de Educação Superior brasileiras. Tese (Doutorado). Salvador, UFBA.

Motta, E. M. T., Schneider, V.E., Gimenez, J.R., Kairisto-Mertanen, L., 2017. Boas práticas em gestão ambiental de Instituições de Ensino Superior: o caso da Universidade de Turku de Ciências Aplicadas. Scientia cum Industria [online] 5. Disponível: http://dx.doi.org/10.18226/23185279.v5iss1p10. Acesso: 20 dez. 2018.

Nascimento, M. de M., Virgínio, M.V. de O., Lopes, L.R., 2015. Educação Ambiental na Administração Pública: A Implantação da A3P na Universidade Federal do Vale do São Francisco/Univasf-PE. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental [online] 19. Disponível: http://dx.doi.org/10.5902/2236117016813. Acesso: 05 fev. 2019.

Tauchen, J., Brandli, L. L. A., 2006. A gestão ambiental em instituições de ensino superior: modelo para implantação em campus universitário. Revista Gestão & Produção [online] 13. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-530X2006000300012 . Acesso: 30 ago. 2018.

Termignoni, L. D. F., 2012. Framework de sustentabilidade para Instituições de Ensino Superior Comunitárias. Dissertação (Mestrado). Porto Alegre, PUC-RS.

Vasconcelos, G.. S., 2015. Sustentabilidade socioambiental no gerenciamento dos campi da Universidade Federal do Ceará. Dissertação (Mestrado). Fortaleza, UFC.

Viegas, S.F.S., Cabral, E.R., 2015. Práticas de sustentabilidade em instituições de ensino superior: evidências de mudanças na gestão organizacional. Revista Gestão Universitária na América Latina – GUAL [online], 8. Disponível: https://doi.org/10.5007/1983-4535.2015v8n1p236. Acesso: 24 nov. 2018.

Yuan, X., Zuo, J., Huisingh, D., 2013. Green universities in China e what matters? Journal of Cleaner Production [online] 61. Disponível: https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2012.12.030. Acesso: 13 fev. 2019.

Wals, A. E. J., 2014. Sustainability in higher education in the context of the UN DESD: a Review of learning and institutionalization

processes. Journal of Cleaner Production [online] 62. Disponível: https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2013.06.007. Acesso: 06 fev. 2019.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v12.5.p1913-1933

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License