Análise multicriterial na definição de áreas prioritárias à conservação florestal em São Félix do Xingu – PA

Juliane da Costa Cavalcante, Jailson Soares de Souza Filho, Raphael de Souza Vale, Denise Cristina Torres Costa

Resumo


O município de São Félix do Xingu faz parte do modelo de desenvolvimento da região amazônica baseado em grandes desmatamentos causados por atividades como pecuária e agricultura, além de ameaças que acabam incentivando esse processo, como os assentamentos e rodovias. Essas modificações de extensas áreas de florestas acabam por fragmentar a paisagem natural interferindo na manutenção da biodiversidade. Desse modo, como forma de auxiliar os gestores na implantação de ações de conservação, objetivou-se através deste estudo identificar  áreas prioritárias para conservação florestal em uma região do município de São Félix do Xingu – PA. O estudo compreendeu uma análise multicriterial, em que se utilizou o Método de Processo Analítico Hierárquico (AHP); e como forma de auxiliar na definição dos critérios, foram utilizados os princípios de representatividade, vulnerabilidade e eficiência, do método de Planejamento Sistemático da Conservação (PSC). Os resultados obtidos mostram que os critérios que tiveram maior influência na priorização de áreas foram os fragmentos florestais com maior quantidade de Áreas de Preservação Permanente (APPs), tamanho dos fragmentos, fragmentos florestais com maior quantidade de Áreas de Reserva Legal (ARLs), assentamentos/estradas, conectividade e unidades fitogeomorfológicas, respectivamente. O mapa final de prioridades mostrou que as áreas maiores se encontraram mais conectadas com outras áreas e obtiveram uma maior prioridade por englobarem uma maior variedade de unidades fitogeomorfológicas, APPs e um maior número de propriedades com ARL remanescente. Áreas com uma menor quantidade de estradas e não englobadas por assentamentos foram igualmente mais prioritárias.

 

 

Multicriteria analysis in the definition of priority areas for forest conservation in São Félix do Xingu – PA

A B S T R A C T

The municipality of São Félix do Xingu is part of the development program of the Amazon region, with emphasis on large deforestation caused by activities such as cattle ranching and agriculture, as well as other threats such as settlements and highways. These modifications of extensive areas of forests turn out to be a natural landscape interfering in the maintenance of the biodiversity. In this way, it was objectified through a series of reflections on the priority areas for the forest storage in a region of the municipality of São Félix do Xingu - PA. The study comprised a multicriterial analysis, in which it used the Hierarchical Analytical Process Method (AHP); and, as a way of helping to define the criteria, the principles of the Systematic Conservation Method (SCM) were used. The comparative results were those that showed the greatest influence in the prioritization of plots with a greater number of Permanent Preservation Areas (PPAs), size of fragments, forest fragments with more Legal Reserve Areas (LRAs), settlements / roads, connectivity and phytogeomorphological units, respectively.

Key-words: Conservation, Systematic conservation planning, Priority areas.


Palavras-chave


Conservação; Planejamento sistemático da conservação; Áreas prioritárias

Texto completo:

PDF

Referências


ABI-EÇAB, Pedro. Principal ameaças ao meio ambiente em terras indígenas. Planeta Amazônia: Revista Internacional de Direito Ambiental e Políticas Públicas, Macapá, n. 3, p. 01-17, 2011. Disponível em: Acesso em: 20 de set. 2016.

[ARCGIS] ArcGIS: Software. Disponível em < https://www.esri.com/en-us/store>.

BALIEIRO, C. P. P.; MALMANN, G.; BARROS, L. P.; VALE, R. S.; PINHO, B.; GONÇALVES, E.; BARROS, L.; GARCIA, E. A. Amazônia aos olhos dos satélites Spot 5 e RapidEye. Integração de sensoriamento remoto e SIG em larga escala para cadastramento e adequação ambiental de imóveis rurais no estado do Pará, Brasil. In: Simpósio Internacional – SELPER, Brasil (Associação de Especialistas Latino americanos em Sensoreamento Remoto), 16., 2014, Colômbia, anais.... Disponível em: Acesso em: 11 de out. 2016.

BASE geomorfolofia. Diretoria de Geociências (IBGE/CISVEA). Bahia e Goiás: IBGE, 2006. Disponível em: < ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_ambientais/geomorfologia/vetores/brasil/Geomorfologia_5000mil.zip > Acesso em: 11 de out. 2016

BASE fitofisionomias. Diretoria de Geociências (IBGE/DGC). Rio de Janeiro: IBGE, 2006. Disponível em: Acesso em: 11 de out. 2016

CALEGARI, L.; MARTINS, S. V.; GLERIANI, J. M.; SILVA, E.; BUSATO, L. C.; Análise da dinâmica de fragmentos florestais no município de Carandaí, MG, para fins de restauração florestal. Revista árvore, Viçosa, V. 34, n 5, p. 871-880, 2010.

CARVALHO, Nathália. Impactos de estradas sobre a cobertura florestal adjacente: Zona – de – efeito em fragmentos no Sul de Minas Gerais. 2012. 19f. Monografia (Bacharel em Ciências Biológicas) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2012.

COSTA, André. Efetividade de gestão da Área de Proteção Ambiental Triunfo do Xingu: Desafios de consolidação de uma unidade de conservação na região da Terra do Meio, Estado do Pará. 2013. 201 f. Tese (Doutorado em desenvolvimento sustentável do trópico úmido) – Núcleo de altos estudos amazônicos, Universidade Federal do Pará, Belém, 2013.

CRAMER, Jennifer; MESQUITA, Rita; WILLIAMSON, Bruce. Forest fragmentation differentially affects seed dispersal of large and small-seeded tropical trees. Biological Conservation, Local, v. 137, n. 3, p. 415-423, 2007.

DURIGAN, Giselda; SIQUEIRA, Marinez F.; FRANCO, Geraldo A.; RATTER, James A. Seleção de fragmentos prioritários para a criação de unidades de conservação do cerrado no estado de São Paulo. Revista do Instituto Florestal, São Paulo, v. 18, n. único, p. 23-37, dez. 2006. Disponível em: < http://iflorestal.sp.gov.br/publicacoes-if/revista-do-if/sumario_v18/ > Acesso em: 10 set. 2016.

EIGENBROD, F.; HECNAR, S. J.; FAHRIG, L. Quantifying the road-effect zone: threshold effects of a motorway on anuran populations in Ontario, Canada. Ecology and Society, v. 14, n 1, Art 24, 2009.

FEARNSIDE, P.M. Consequências do desmatamento da Amazônia. Scientific American Brasil - Especial Biodiversidade, v. 3, n., p. 54-59. 2010. Disponível em: Acesso em 03 set. 2016.

FERREIRA, B. M.; CORREA, D. L.; FIGUEIREDO, D. B.; BRAGA, T. G.; MACIEL, M. N.; PEREIRA, B. W. Desflorestamento na Área de Proteção Ambiental Triunfo do Xingu – PA. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CARTOGRAFIA, 26., 2014, Gramado. Anais...Revista Brasileira de Cartografia, 2014.

IBGE. Malhas Municipais, 2013. Disponível em: < ftp://geoftp.ibge.gov.br/organizacao_do_territorio/malhas_territoriais/malhas_municipais/municipio_2013/> Acesso em 25 set. 2016.

IBGE. Malha Sedes Municipais, 2013. Disponível em:< https://mapas.ibge.gov.br/bases-e-referenciais/bases-cartograficas/malhas-digitais.html> Acesso em 25 set. 2016.

IBGE. Malha Hidrografia, 2013. Disponível em: < ftp://geoftp.ibge.gov.br/informacoes_ambientais/geologia/levantamento_hidrogeologico_e_hidroquimico/mapas/> Acesso em 25 set. 2016.

INCRA, INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA; DTM, COORDENAÇÃO GERAL DE MEIO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS DO INCRA. Assentamentos Pará. Brasília: Incra, 2016. Disponível em: Acesso em 25 set. 2016.

MARGULES, C. R.; PRESSEY, R. L. Systematic conservation planning. Nature, v.405, p.243-253, 2000. Disponível em: < http://www.nature.com/nature/journal/v405/n6783/full/405243a0.html> Acesso em 25 set. 2016.

NEVES, Paulo; SILVA, Letícia; PONTES, Altem; PAULA, Manoel. Correlação entre pecuária e desmatamento em municípios da mesorregião sudeste do Estado do Pará, Brasil. Revista Ambiência. Guarapuava – PR. v.10 n.3 p. 795 - 806 Set/Dez. 2014. Disponível em: Acesso em 16 de set. 2016.

PARÁ. Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade. Instrução Normativa n° 08, de 10 de outubro de 2012. Estabelece procedimentos para a elaboração de bases digital georreferenciada e de mapeamento de uso do solo, a serem utilizadas pela SEMA-PA. Instrução Normativa N° 08, de 10 de outubro de 2012. Belém, PARÁ.

PINTO, Flávia; BARBOSA, Reinaldo; KEIZER, Edwin; CAMPOS, Cirio; LAMBERTS, Andrea; FERREIRA, Sylvio; SOUZA, Bruno; AZEVEDO, Renata; BORGES, Osmar; BRASIL, Suiane; CARDOSO, Gabriella; MACEDO, Luciana. Análise multicritério para a seleção de uma área de conservação na maior savana da Amazônia. ACTA Geográfica, Boa Vista, v.8, n.17, abr./ago de 2014. pp.50-70. Disponível em: < http://revista.ufrr.br/actageo/article/view/1735 > Acesso em: 10 set. 2016.

POLETTO, Maria; METZGER, Jean. A ecologia da paisagem na avaliação de impactos de corredores rodoviários – o caso de um segmento do trecho sul do rodoanel de São Paulo. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AVALIAÇÃO DE IMPACTO, 1., 2012. São Paulo. Anais eletrônicos... São Paulo, ABAI. Disponível em: Acesso em: 18 set. 2016.

SAATY, Thomas L. Decision Making with the Analytic Hierarchy Process. International Journal of Services Sciences, Toronto, Vol. 1, n. 1, p. 83 – 98, 2008.

SARTORI, A. A. C. Análise Multicritérios na Definição de Áreas Prioritárias à Conectividade entre Fragmentos Florestais. 2010. 112f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) – Faculdade de Ciências Agronômicas, Universidade Estadual Paulista, Botucatu – SP, 2010.

SCARAMUZZA, C.A.; MACHADO, R.B.; RODRIGUES, S.T.; RAMOS NETO, M. B.; PINAGÉ, E.R.; DINIZ-FILHO, J.A.F. Áreas prioritárias para conservação da biodiversidade em Goiás. In: FERREIRA, L.G. (Org.). A encruzilhada socioambiental – biodiversidade, economia e sustentabilidade no cerrado. Goiânia, Editora UFG, p. 13-66, 2008.

SEMAS, SECRETARIA ESTADO DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE. Bases de Cadastro Ambiental Rural (CAR). Belém – PA, 2016.

THE NATURE CONSERVANCY. Limite de Áreas Protegidas da Região Amazônica, 2016.

THE NATURE CONSERVANCY. Shape de estradas da Região Amazônica, 2016.

THE NATURE CONSERVANCY. Limites de bacias geradas a partir de inspeção visual do mapeamento do uso e cobertura da terra, 2016.

TRAJANO, Eleonora. Políticas de Conservação e Critérios Ambientais: Princípios, Conceitos e Protocolos. Revista Estudos Avançados USP, São Paulo, v. 24, n. 68, 2010. Disponível em: Acesso em: 7 set. 2016.

VENTICINQUE, Eduardo; FORSBERG, Bruce; BARTHEM, B. Ronaldo; PETRY, Paulo; HESS, Laura; MERCADO, Armando; CANÃS, Carlos; MONTOYA, Mariana; DURIGAN, Carlos; GOULDING, Michael. An Explicit GIS-Based River Basin Framework for Aquatic Ecosystem Conservation in the Amazon. Earth System Sciense Data Discuss. doi:10.5194/essd-2016-17, in review, 2016. Disponível em: Acesso em: 7 set. 2016.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v13.1.p167-181

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License