Estrutura de um Fragmento de Caatinga Infestado por Cryptostegia madagascariensis Bojer ex Decne

Elaine Maia Barbosa, Oriel Herrera Bonila, Eliseu Marlônio Pereira Lucena, Lívia Maria de Andrade Araújo, Sara Regina da Silva de Oliveira

Resumo


A espécie Cryptostegia madagascariensis Bojer ex Decne., natural de Madagascar, na África, após ser introduzida no Brasil vem proliferando-se rapidamente em extensas áreas no Nordeste brasileiro. Sua presença no bioma caatinga vem causando grande preocupação para as comunidades extrativistas, visto que essa invasora causa morte de espécies nativas de alto valor socioeconômico como a Copernicia prunifera (Mill) H. E. Moore., popularmente chamada de carnaúba. O presente trabalho objetivou avaliar a estrutura de um fragmento de caatinga infestado por C. madagascariensis. Próximo ao município de Pacatuba-CE uma área de carnaubal foi delimitada e para realizar uma avaliação da estrutura da comunidade invadida, foram utilizados cálculos que são referências em estudos fitossociológicos como, índice de valor de importância, índice de Shannon-Wiener (H’), índice de impacto ambiental de espécies exóticas (IIAE), além das densidades e frequências relativas e absolutas dos indivíduos. A elevada frequência e densidade relativa da invasora, o baixo H’ (1,86) e IIAE de 0,69, demonstram como a estrutura e diversidade da comunidade está sendo afetada pela invasão. Concluímos que é urgente a intervenção e controle dessa invasora, uma vez que a vegetação nativa está sendo ameaçada.


Palavras-chave


Invasão; Biodiversidade; Carnaúba.

Referências


Almeida, W.R., Lopes, A.V., Tabarelli, M., Leal, I.R., 2015. The alien flora of Brazilian Caatinga: deliberate introductions expand the contingent of potential invaders. Biol Invasions 17, 51-56.

Araújo, H.T.N., Brito, S.F., Pinheiro, C.L., Filho, S.M., 2017. A alelopatia aumenta o potencial invasor de Cryptostegia madagascariensis Bojer ex Decne.? Centro Científico Conhecer 14, 1-12.

Brand, M.A., Oliveira, L.C., Lacerda, S.R., Toniolo, E.R., Júnior, G.L., Campello, R.B., 2015. Caracterização da vegetação da caatinga do Sul do Piauí para geração de energia. Revista Floresta 45, 477-486.

Brito, S.F., Pinheiro, C.L., Nogueira, F.C.B., Filho, S.M., Matos, D.M.S., 2015. Influence of light on the initial growth of invasive Cryptostegia madagascariensis Bojer in the Brazilian semiarid region. Acta Scientiarum. Biological Sciences 37, 385-392.

Byun, C., Blois, S., Brisson, J., 2017. Management of invasive plants through ecological resistance. Biol Invasions 20, 13-27.

Cabacinha, C.D., Lafetá, B.O., 2017. Floristic diversity and equitability in forest fragments using artificial neural networks. Ciência Florestal 27, 143- 152.

Cardinelli, L.S., Fonseca, R.S., Martins, S.V. 2017. Invasão de palmeira australiana no sub-bosque de uma floresta plantada, Viçosa, MG. Pesquisa Florestal Brasileira 37, 1-10.

Costa, J.P., Mesquita, M.L.R., 2016. Floristic and phytosociology of weeds in pastures in Maranhão State, Northeast Brazil. Ciência Agronômica 47, 414-420.

Costa, V.L.S., Gomes, J.M.A., 2016. Crédito e conservação ambiental no extrativismo da carnaúba (Copernicia prunifera (Mill.) H. E. Moore) no nordeste brasileiro no período de 2007 a 2012. Revista Interações 17, 4-14.

Cruz, F.R.S., Andrade, L.A., Alves, E.U., 2016. Estresse salino na qualidade fisiológica de sementes de Cryptostegia madagascariensis Bojer ex Decne. Ciência Florestal 26, 1189-1199.

Fabricante, J.R., Araújo, K.C.T., Castro, R.A., Souza, B.S.R., Barros, B.K,R., Filho, J.A.S., 2015. Seleção de espécies autóctones da Caatinga para a recuperação de áreas invadidas por algaroba. Pesquisa Florestal Brasileira 35, 1-10.

Fabricante, J.R., Castro, R.A., Araújo, K.C.T., Filho, J.A.S., 2015. atributos ecológicos da bioinvasora nicotiana glauca graham (solanaceae) e avaliação da susceptibilidade de sua ocorrência no Brasil. Ciência Florestal 25, 959-957.

Felfili, J.M., Eisenlohr, P.V., Melo, M.M.R.F., Andrade, L.A., Neto, J.A.A.M., 2011. Fitossociologia no Brasil: métodos e estudos de casos, 1. ed. UFV, Viçosa.

Ferreira, R.L.C., Silva, S.O., Silva, J.A.A., Lira, M.A., Júnior, F.T.A., Nascimento, L.M., 2016. Richness and diversity of caatinga areas in different successional stages in northeastern Brazil. Scientia Forestalis 44, 799-810.

Gorgone-Barbosa, E., Pivello, V.R., Rissi, M.N., Zupo, T., Fidelis, A., 2016. A Importância da Consideração de Espécies Invasoras no Manejo Integrado do Fogo. Biodiversidade Brasileira 6, 27- 40.

Halmy, M.W.A., Fawzy, M., Ahmed, D.A., Saeed, N.M., Awad, M.A., 2019. Monitoring and predicting the potential distribution of alien plant species inarid ecosystem using remotely-sensed data. Remote Sensing Applications: Society and Environment 13, 69-84.

IPECE. Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará, 2009. Perfil básico municipal 2009: Pacatuba, SEPLAG, Fortaleza. Disponível:https://www.ipece.ce.gov.br/wp-content/uploads/sites/45/2018/09/Pacatuba _2017.pdf. Acesso: 10 jan. 2019.

IPECE. Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará, 2017. Perfil básico municipal 2017: Pacatuba, SEPLAG, Fortaleza. Disponível: https://www.ipece.ce.gov.br/wp-content/uploads/sites/45/2013/01/Pacatuba_Br_office.pdf. Acesso: 10 jan. 2019.

Johnson, M.D., León, Y.L., 2015. Effect of an Invasive Plant and Moonlight on Rodent Foraging Behavior in a Coastal Dune Ecosystem. Revista Plos One 10, 1-12.

Júnior, L.R.P., Andrade, A.P., Araújo, K.D., Barbosa, A.S., Barbosa, F.M., 2014. Espécies da caatinga como alternativa para o desenvolvimento de novos fitofármacos. Floresta e Ambiente 21, 509-520.

Maitre, D.C., Gush, M.B., Dzikiti, S., 2015. Impacts of invading alien plant species on water flows at stand and catchments scales. AoB Plants 7, 1-21.

Medeiros, J.S., Mesquita, F.O., Andrade, L.A., Oliveira, C.J., Souza, E.M., Souza, J.K.C., 2018. Invasão biológica por Cryptostegia madagascariensis: uma abordagem voltada para estresses abióticos. Pesquisa e Ensino em Ciências Exatas e da Natureza 2, 36-47.

Mueller-dombois, D., Ellenberg, H., 1974. Aims and methods of vegetation ecology. John Wiley and Sons, New York, 547p.

Nackley, L.L., West, A.G., Skowno, A.L., Bond, W.J., 2017. The nebulous ecology of native invasions. Trends in Ecology and Evolution 20, 814-824.

Nascimento, C.E.S., Tarabelli, M., Silva, C.A.D., Leal, I.R., Tavares, W.S., Serrão, J.E., Zanuncio, J.C., 2014. The introduced tree Prosopis juliflora is a serious threat to native species of the Brazilian Caatinga vegetation. Science of the Total Environment 481, 108-113.

Nobis, A., Nowak, A., Rola, K., 2018. Do invasive alien plants really threaten river bank vegetation? A case study based on plant communities typical for Chenopodium ficifolium- An indicator of large river valleys. Plos One 13, 1-15.

Padalia, H., Srivastava, V., Kuswaha, S.P.S., 2015. How climate change migt influence the potential distribution of weed, bushmint (Hyptis suaveolens)? Enviromental Monitoring and Assessment 187, 1-14.

Pereira, D.S., Sousa, J.E.S., Pereira, M.S., Gonçalves, N.R., Bezerra, A.M.E., 2014. Emergence and initial growth of Copernicia prunifera (Arecaceae) as a function of fruit maturation. Journal of Seed Science 36, 09-014.

Reaser, J.K., Meyerson, L.A., Cronk, Q., Poorter, M., Eldrege, L.G., Green, E., Kairo, M., Latasi, P., Mack, R.N., Mauremootoo, J., O’Dowd, D., Opara, W., Sastroutomo, S., Saunders, A., Shine, C., Thrainsson, S., Vaiutu, L., 2007. Ecological and socioeconomic impacts of invasive alien species in island ecosystems. Environmental Conservation 34, 98-111.

Ribeiro, T.O., Bakke, I.A., Souto, P.C., Bakke, O.A., Lucena, D.S., 2017. Diversidade do banco de sementes em diferentes áreas de caatinga manejadas no semiárido da Paraíba, Brasil. Ciência Florestal 27, 203-213.

Rocha, T.G.F., Silva, R.A.R., Dantas, E.X., Vieira, F.A., 2015. Fenologia da Copernicia prunifera (Arecaceae) em uma área de caatinga do Rio Grande do Norte. Cerne 21, 673-682.

Rumlévora, Z., Vilá, M., Pergl, J., Nentwig, W., Pysek, P., 2016. Scoring environmental and socioeconomic impacts of alien plants invasive Europe. Biol Invasions 18, 3697- 3711.

Santana, O.A., Encinas, J.I., 2008. Levantamento das espécies exóticas arbóreas e seu impacto nas espécies nativas em áreas adjacentes a depósitos de resíduos domiciliares. Biotemas 21, 29-38.

Schorn, L.A., Fenilli, T.A.B., Krüger, A., Pellens, G.C., Budag, J.J., 2013. Composição do banco de sementes no solo em áreas de preservação permanente sob diferentes tipos de cobertura. Revista Floresta 43, 49-58.

Shannon, C.E., Weaver, W., 1949. The mathematical theory of communication. Urbana, IL: University of Illinois Press.

Silva, D.L.S., Luz, G.R., Veloso, M.D.M., Fernandes, G.W., Nunes, Y.R.F., 2016. Emergência e estabelecimento de plântulas de Guazuma ulmifolia Lam. em função de diferentes tratamentos pré-germinativos. Ciência Florestal 26, 763-772.

Silva, L.G.C., Moreira, J.F.L., Holanda, H.B.B., Rocha, E.L.B., Dias, P.C., 2018. Evaluation of carnauba progenies and estimates of genetic parameters in the juvenile phase. Revista Caatinga 31, 917- 925.

Silva, S.F., Costa, H.S.L., Viana, J.S., Filho, S.M. 2018. Fitotoxidez de espécies exóticas sobre o potencial fisiológico de sementes de crambe (Crambe abyssinica Hochs). Revista Agroambiente 12, 89-95.

Skálová, H., Moravcová, L., Dixon, A.F.G., Kindlmann, P., Pysek, P., 2015. Effect of temperature and nutrients on the growth and development of seedlings of an invasive plant. AoB Plants 7, 1-8.

Sousa, F.Q., Andrade, L.A., Xavier, K.R.F., 2016. Cryptostegia madagascariensis Bojer ex Decne: impactos sobre a regeneração natural em fragmentos de caatinga. Revista Brasileira de Ciências Agrárias 11, 39-45.

Sousa, F.Q., Andrade, L.A., Xavier, K.R.F., Silva, P.C.C., Albuquerque, M.B., 2017. Impactos da invasão de Cryptostegia madagascariensis Bojer ex Decne. (Apocynaceae Juss.) em remanescentes de caatinga no município de Ibaretama, Ceará, Brasil. Ciência Florestal 27, 1243-1255.

Sousa, R.F., Silva, R.A.R., Rocha, T.G.F., Santana, J.A.S., Vieira, F.A., 2015. Etnoecologia e etnobotânica da palmeira carnaúba no semiárido brasileiro. Cerne 21, 587-594.

Souza, T.A.F., Rodriguez-Echeverría, S., Andrade, L.A., Freitas, H., 2016. Could biological invasion by Cryptostegia madagascariensis alter the composition of the arbuscular

mycorrhizal fungal community in semi-arid Brazil? Acta Botanica Brasilica 30, 93-101.

Souza, V.C., Andrade, L.A., Quirino, Z.G.M., 2016. Floral biology of Sesbania virgata: an invasive species in the Agreste of Paraíba, northeastern Brazi. Rodriguésia 67, 871-878.

Sun, Y., Müller- Schärer, H., Schaffner, U., 2016. Neighbour origin and ploidy level drive impact of an alien invasive plant species in a competitive environment. Plos One 11, 1-14.

Vieira, I.R., Oliveira, J.S., Loiola, M.I.B., 2016. Effects of harvesting on leaf production and reproductive performance of Copernicia prunifera (Mill.) H. E. Moore. Revista Àrvore 40, 117-123.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Revista Brasileira de Geografia Física - eISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License