Avaliação do Potencial de Aproveitamento de Aluviões para a Construção de Barragens Subterrâneas no Semiárido Pernambucano

Eronildo Luiz da Silva Filho, Tiago Oliveira Caetano, Thaise Suanne Guimarães Ferreira, José Almir Cirilo, Rochele Sheila Vasconcelos, Tatiane Barbosa Veras de Albuquerque

Resumo


Diante da histórica escassez de recursos hídricos na região semiárida, é notória a necessidade de se encontrar novas fontes de obtenção e armazenamento de água, seja para o consumo humano e animal ou para produção agrícola. A implantação de barragens subterrâneas no semiárido brasileiro pode contribuir de forma positiva na melhoria do abastecimento humano em comunidades rurais, além do fornecimento de água para o consumo animal e para produção de alimentos. Como sua construção se dá sobre os solos aluviais, o presente estudo tem como objetivo avaliar o potencial de aproveitamento desses solos no estado de Pernambuco para a implantação de barragens subterrâneas e verificar as áreas passíveis de salinização para a escolha adequada desse tipo de intervenção. A área de estudo corresponde ao estado de Pernambuco, em que a presença de solos aluviais foi observada por bacia hidrográfica, utilizando os dados do Zoneamento Agroecológico do Estado de Pernambuco (ZAPE). Com a mesma base de dados foram selecionados os solos com características salinas e estimada, por aluvião, a capacidade de armazenamento de água. Foi possível verificar que o estado de Pernambuco apresenta consideráveis áreas de solos aluviais, com potencial para aproveitamento das águas subterrâneas e para construção de barragens subterrâneas, bem como identificar as regiões onde a implantação desse tipo de obra deve ser mais restritiva por conta do risco de salinização.


Palavras-chave


água subterrânea, aluvião, barragens subterrâneas, risco de salinização

Referências


Adhamum, A., Riksenuma, M., Ouessar, M., Coen, R., 2016. Identification of suitable sites for rainwater harvesting structures in arid and semi-arid: A review. International Soil and Water Conservation Research 4, 108-120. DOI:https://doi.org/10.1016/j.iswcr.2016.03.001.

Agarwal, R., Garg, P.K., 2016. Remote Sensing and GIS Based Groundwater Potential & Recharge Zones Mapping Using Multi-Criteria Decision Making Technique. Water Resour Manage 30, 243 -260. DOI: https://doi.org/10.1007/s11269-015-1159-8.

AGEITEC - EMBRAPA. Cambissolos háplicos. Rio de Janeiro, 2014a. Disponível: http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/solos_tropicais/arvore/cont000gn1sf65m02wx5ok0liq1mqzx3jrec.html. Acesso: 3 dez. 2018.

AGEITEC - EMBRAPA. Luvissolos crômicos. Rio de Janeiro, 2014b. Disponível: http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/solos_tropicais/arvore/cont000gn230xhm02wx5ok0liq1mqv181o7y.html. Acesso: 3 dez. 2018.

AGEITEC - EMBRAPA. Neossolo quartzarênicos. Rio de Janeiro, 2014c. Disponível: http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/solos_tropicais/arvore/cont000gn230xho02wx5ok0liq1mqtarta66.html. Acesso: 3 dez. 2018.

AGEITEC - EMBRAPA. Planossolos háplicos. Rio de Janeiro, 2014d. Disponível: http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/solos_tropicais/arvore/cont000gn362j9y02wx5ok0liq1mq86zqh78.html. Acesso: 3 dez. 2018.

AGEITEC - EMBRAPA. Vertissolos háplicos. Rio de Janeiro, 2014e. Disponível: http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/gestor/solos_tropicais/arvore/cont000gn362ja002wx5ok0liq1mqeukhsfe.html. Acesso: 3 dez. 2018.

Alves, E. J. C., Rêgo, J. C., Galvão, C. de O., Vieira, J. B. de A. 2018. Limits and conditions for the exploitation of alluvial aquifers in the Brazilian semi-arid region. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, 23, 1-8. DOI: https://doi.org/10.1590/2318-0331.0318160049

Araújo, D.C. dos S., Montenegro, S.M.G.L., Montenegro, A. A. de A., Silva Junior, V. de P., Santos, S. M. dos., 2018. Spatial variability of soil attributes in an experimental basin in the semi-arid region of Pernambuco, Brazil. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 22, 38-44. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/1807-1929/agriambi.v22n1p38-44.

Cabral, S.L., Campos, J.N.B., Silveira, C. da S., Pereira, J.M.R., 2016. O Intervalo de Tempo para uma Máxima Previsibilidade da Precipitação sobre o Semiárido Brasileiro. Revista Brasileira de Meteorologia 31, 105-113. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-778631220130034.

Caetano, T.O., 2018. Disponibilidade hídrica das aluviões e as características de uso e demanda de água em comunidades rurais do semiárido pernambucano. 86f. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil e Ambiental – Campus Acadêmico do Agreste, Universidade Federal de Pernambuco, Caruaru.

Cantalice, J.R.B., Piscoya, V.C., Singh, V.P., Silva, Y.J.A.B. da, Barros, M. de F.C., Guerra, S.M.S., Filho, M.C., 2016. Hydrology and water quality of a underground dam in a semiarid watershed. African Journal of Agricultural Research 11, 2508-2518. DOI: https://doi.org/10.5897/AJAR2016.11163.

Castro, C.F., Santos, M. dos, 2020. Salinidade do Solo e Risco de Desertificação na Região Semiárida. Mercator 19, 1-13, DOI: https://doi.org/10.4215/rm2020.e19002.

Chezgi, J., Pourghasemi, H.R., Naghibi, S.A., Moradi, H.R., Zarkesh, M.K., 2016. Assessment of a spatial multi-criteria evaluation to site selection underground dams in the Alborz Province, Iran. Geocarto International 31, 628–646. DOI: http://dx.doi.org/10.1080/10106049.2015.1073366.

Cirilo, J.A., Alves, F.H.B., Silva, L.A.C., Campos, J.H.A.L., 2014. Suporte de Informações Georreferenciadas de Alta Resolução para Implantação de Infraestrutura e Planejamento Territorial. Revista Brasileira de Geografia Física 7, 755-763. DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v7.4.p755-763.

Cirilo, J.A., Alves, F.H.B., Ribeiro Neto, A., 2016. Utilização de mapeamento digital do terreno para prevenção de desastres e planejamento do uso do solo. In: Conferência Internacional do INCT para Mudanças Climáticas, São Paulo, SP.

Daliakopoulos, I.N., Tsanis, I.K., Koutroulis, A., Kourgialas, N.N., Varouchakis, A.E., Karatzas, G.P., Ritsema, C.J., 2016. The threat of soil salinity: a European scale review. Science of The Total Environment 573, 727-739. DOI: https://doi.org/10.1016/j.scitotenv.2016.08.177.

Dortaj, A., Maghsoudy, S., Ardejani, F. D., Eskandari, Z., 2020 A hybrid multi-criteria decision making method for site selection of subsurface dams in semi-arid region of Iran. Groundwater for Sustainable Development, 10, DOI: https://doi.org/10.1016/j.gsd.2019.100284

Eakin, H.C., Lemos, M.C., Nelson, D.R., 2014. Differentiating capacities as a means to sustainable climate change adaptation. Global Environmental Change, 27, 1-8. DOI: https://doi.org/10.1016/j.gloenvcha.2014.04.013.

EMBRAPA. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. ZAPE: Zoneamento Agroecológico de Pernambuco. Disponível em: . Recife, 2001.

Farias, P.L.C. de, Vieira, B.H.R., 2019. Atuação do estado de Pernambuco no combate aos efeitos da desertificação. Revista Brasileira de Geografia Física 12, 562-573. DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v12.2.p562-573.

Freire, M.B.G.S., Miranda, M.F.A., Oliveira, E.E.M., Silva, L.E. da, Pessoa, L.G.M., Almeida, B.G. de., 2014. Agrupamento de solos quanto à salinidade no Perímetro Irrigado de Custódia em função do tempo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 18, S86–S91. DOI: https://doi.org/10.1590/1807-1929/agriambi.v18nsupps86-s91.

Fontes Júnior, R.V. de P., Montenegro, A.A.A., Montenegro, S.M.G.L., Santos, T.E.M. dos, 2012. Estabilidade temporal da potenciometria e da salinidade em vale aluvial no semiárido de Pernambuco. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental 16, 1188–1197, DOI: https://doi.org/10.1590/S1415-43662012001100007.

Gomes, U.A.F., Heller, L., 2016. Acesso à água proporcionado pelo Programa de Formação e Mobilização Social para Convivência com o Semiárido: Um Milhão de Cisternas Rurais: combate à seca ou ruptura da vulnerabilidade?. Engenharia Sanitária Ambiental 21, 623-633. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-41522016128417.

Gusmão, P.T.R., 2016. Qualidade das águas captadas nas areias de aluvião. In: BRAGA, R. A. P. (Org.). Águas de Areias. Recife: Clã, 89-105.

Jamali, A.A., Randhir, T.O., Nosrati, J., 2018. Site Suitability Analysis for Subsurface Dams Using Boolean and Fuzzy Logic in Arid Watersheds. Journal of Water Resources Planning and Management 144, 1-9. DOI: https://doi.org/10.1061/(ASCE)WR.1943-5452.0000947.

Kharazia, P., Yazdania, M. R., Khazealpour, P., 2019. Suitable identification of underground dam locations, using decision-making methods in a semi-arid region of Iranian Semnan Plain. Groundwater for Sustainable Development 9, 100240. DOI: https://doi.org/10.1016/j.gsd.2019.100240.

Lalehzari, R., Tabatabaei, S. H., 2015. Simulating the impact of subsurface dam construction on the change of nitrate distribution. Environmental Earth Sciences 74, 3241–3249. DOI: https://doi.org/10.1007/s12665-015-4362-2.

Leal, O., 2000. Avaliação hidrogeológica preliminar das aluviões do alto vale do rio Moxotó-PE/Onofre Leal, José Ubaldo de Sá, João de Castro Mascarenhas. Recife: CPRM. 107p.

Lima, A. de O., Lima-Filho, F.P., Dias, N. da S., Reis Júnior, J.A. dos, Sousa A. de M., 2018. GPR 3D Profile Of The Adequateness Of Underground Dams In A Sub-Watershed Of The Brazilian Semiarid. Rev. Caatinga 31, 523–531. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-21252018v31n230rc.

Li, P., Qian, H., Wu J., 2018. Conjunctive use of groundwater and surface water to reduce soil salinization in the Yinchuan Plain, North-West China, International. Journal of Water Resources Development 34, 337-353. DOI: https://doi.org/10.1080/07900627.2018.1443059.

Montenegro, S.M.G.L., 2012. Evaporação medida pelo método do domo em barragem subterrânea no semiárido pernambucano. XVII Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas e XVIII Encontro Nacional de Perfuradores de Poços, Bonito.

Oliveira, A.K.C., Silva, M. S.L., Mendonça, C.E.S., Ferreira G.B., Chaves, V.C., Silva, D.J., 2007. Avaliação qualitativa da água de barragens subterrâneas no semiárido nordestino brasileiro. Revista Brasileira de Agroecologia [Online] 2, 402-1404. Disponível: http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/rbagroecologia/article/view/7092. Acesso: 5 jun. 2020.

Ouerdachi, L., Boutaghane, H., Hafsi, R., Tayeb, T. B., Bouzahar, F., 2012. Modeling of Underground Dams Application to Planning in the Semi-Arid Areas (Biskra, Algeria). Energy Procedia 18, 426-437. DOI: https://doi.org/10.1016/j.egypro.2012.05.054.

PERNAMBUCO. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente, 2006. Bacias Hidrográficas de Pernambuco. Comunigraf, Recife.

Rodrigues, F. B., 2012. Caracterização Hidrogeológica de depósito aluvial do Riacho Boa Vista no Sítio Caiçara, Afogados da Ingazeira, PE. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Geociências – Centro de Tecnologia e Geociências, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

Santos, I. de O., Mariano, G., 2017. Sistema de informação geográfica e caracterização fisiográfica automática da bacia hidrográfica do rio Tatuoca. Revista Brasileira de Geografia Física 10, 66-879. DOI: https://doi.org/10.5935/1984-2295.20170056.

Sheikhipour, B., Javadi, S., Banihabib, M.E., 2018. A hybrid multiple criteria decision-making model for the sustainable management of aquifers. Environmental Earth Sciences 77, 712. DOI: https://doi.org/10.1007/s12665-018-7894-4.

Silva, R.O.B. da, Montenegro, S.M.G.L., Souza, W.M. de., 2017. Tendências de mudanças climáticas na precipitação pluviométrica nas bacias hidrográficas do estado de Pernambuco. Engenharia Sanitária Ambiental 22, 579-589. DOI: https://doi.org/10.1590/s1413-41522017142481.

Silva, S.M.P. da., 1994. Sistema de Informações para Gestão e Monitoramento dos Recursos Naturais da Microrregião do Pajeú-PE. Projeto Alto Pajeú; Água no Sertão do Pajeú – O Município de Afogados da Ingazeira. Série Recursos Hídricos, 3. Recife: CPRM. 25p.

Silva, A.K. de O., Silva, H.P. de B., 2015. O processo de desertificação e seus impactos sobre os recursos naturais e sociais no município de Cabrobó – Pernambuco – Brasil. Revista Eletrônica de Humanidades do Curso de Ciências Sociais da UNIFAP [Online] 8, 203-215. Disponível: https://periodicos.unifap.br/index.php/pracs/article/view/1315. Acesso: 5 jun. 2020.

Silva, D. J., 2018. Caracterização hidrodinâmica do solo e qualidade da água da aluvião em um trecho intermitente do rio Capibaribe - semiárido pernambucano. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil e Ambiental – Campus Acadêmico do Agreste, Universidade Federal de Pernambuco, Caruaru.

Soares, D.B., Nóbrega, R.S., Mota Filho, F. de O., Passos, C.R.F., Borges Filho, E.F. de A., 2016. Degradação dos solos por sais em Pernambuco, Brasil. Revista Brasileira de Geografia Física 9, 1621-1628. DOI:https://doi.org/10.26848/rbgf.v9.5.p1621-1628.

Stevanović, Z., 2016. Damming underground flow to enhance recharge of karst aquifers in the arid and semi-arid worlds. Environ Earth Sci 75, 1-14. DOI: https://doi.org/10.1007/s12665-015-5086-z.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v13.5.p%25p

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License