Análise da Variação Sazonal e de Tendências na Precipitação Pluviométrica no Município de Juazeiro-BA

Henrique Santos Junqueira, Luan Moreira Fernandes de Almeida, Tailan Santos de Souza, Patricia dos Santos Nascimento

Resumo


A cidade de Juazeiro-BA destaca-se por ser um importante polo de desenvolvimento agrícola em bases irrigadas no Nordeste, no qual a distribuição sazonal da precipitação pluviométrica tem influência decisiva no contexto da relação saúde e saneamento em áreas urbanizadas, na agricultura familiar, no abastecimento de água de famílias isoladas e na economia dessa região. Assim, essa pesquisa tem como objetivo avaliar a distribuição das chuvas no município de Juazeiro-BA, analisando uma série diária de 32 anos de dados pluviométricos, calculando os valores anuais e sazonais do Índice de Concentração da Precipitação (ICP) e realizando um estudo de tendência da precipitação pluviométrica, a partir do método de Mann-Kendall. Os resultados revelaram que, em Juazeiro, o período chuvoso é bem definido, com os maiores índices de precipitação entre os meses de dezembro e março. O ICP anual tem o valor de 28,48 %, indicando alta irregularidade na distribuição das chuvas anuais, possibilitando a ocorrência de eventos extremos, tanto de inundações quanto de escassez hídrica. O teste de Mann-Kendall, para o período em estudo, apresentou tendência de diminuição da média pluviométrica anual em 7,51 mm, o que pode aumentar o déficit hídrico na região.

Palavras-chave: Chuvas; Séries Climáticas; Concentração Pluviométrica; Mann-Kendall.

 

Seasonal Variation and Trend in Rainfall in the Municipality of Juazeiro-BA

 

A B S T R A C T

The city of Juazeiro-BA stands out for being an important agricultural development hub on irrigated bases in the Northeast, in which the seasonal distribution of pluviometric precipitation has a decisive influence in the context of the health and sanitation relationship in urbanized areas, in family agriculture, in water supplying of isolated families and the economy of that region. Thus, this research aims to assess the distribution of rainfall in the municipality of Juazeiro-BA, analyzing a daily series of 32 years of rainfall data, calculating the annual and seasonal values of the Precipitation Concentration Index (PCI) and conducting a rainfall trend study, using the Mann-Kendall method. The results revealed that, in Juazeiro, the rainy period is well defined, with the highest levels of precipitation between the months of December and March. The annual PCI has a value of 28.48 %, indicating a high irregularity in the distribution of annual rainfall, enabling the occurrence of extreme events, both floods and water scarcity. The Mann-Kendall test, for the period under study, presented tendency decrease of the annual rainfall average by 7.51 mm, which may increase the water deficit in the region.

Keywords: Rainfall; Climate Series; Rain Concentration; Mann-Kendall.


Palavras-chave


Chuvas; Séries Climáticas; Concentração Pluviométrica; Mann-Kendall

Texto completo:

PDF

Referências


Almeida, L. M. F. 2017. Avaliação da adequabilidade na padronização de sistema de captação de águas de chuva no âmbito do P1MC. Feira de Santana/BA. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Departamento de Tecnologia da Universidade Estadual de Feira de Santana.

ASABRASIL. 2019. Programa 1 Milhão de Cisternas, ASA BRASIL. Disponível em: https://www.asabrasil.org.br/acoes/p1mc. Acesso em: 2 nov. 2019.

Assis, J. M. O.; Souza, W. M.; Sobral, M. C. 2015. Análise climática da precipitação no submédio da bacia do Rio São Francisco com base no índice de anomalia de chuva. Revista Brasileira de Ciências Ambientais, 36, 115-127.

Back, A. J. 2001. Aplicação de análise estatística para identificação de tendências climáticas. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 36, 717-726.

Cabral Júnior, J. B. 2015. Estimativas, variabilidade e análise de tendência da evapotranspiração de referência em perímetros irrigados, no semiárido do nordeste brasileiro. Natal/RN. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Climáticas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Chechi, L.; Sanches, F. de O. 2013. Análise de uma série temporal de precipitação para Erechim (RS) e um possível método de previsão climática. Ambiência Guarapuava, 9, 43-55.

Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco - CBHSF. 2004. Plano de recursos hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. Salvador-BA. 337 p.

De Luis, M.; Gonzalez-Hidalgo, J. C.; Brunetti, M.; Longares, L. A. 2011. Precipitation concentration changes in Spain 1946–2005. Natural Hazards and Earth System Sciences, 11, 1259-1265.

Domènech, L.; Heijnen, H.; Saurí, D. 2012. Rainwater harvesting for human consumption and livelihood improvement in rural Nepal: Benefits and risks. Water and Environment Journal, 26, 465-472.

Elliott, M.; MacDonald, M. C.; Chan, T.; Kearton, A.; Shields, K. F.; Bartram, J. K.; Hadwen, W. L. 2017. Multiple Household Water Sources and Their Use in Remote Communities with Evidence from Pacific Island Countries. Water Resources Research, 53(11), 9106-9117.

Ely, D. F.; Almeida, I. R.; Sant’anna Neto, J. L. 2003. Implicações políticas e econômicas, variabilidade climática e o rendimento da cultura do milho no estado do Paraná. Geografia, 12, 495-508.

Gil, H. A. P. 2012. El índice de erosión potencial en la vertiente norte del Waraira Repano, estado Vargas, Venezuela. Cuadernos de Geografía: Revista Colombiana de Geografía, 21, 85-97.

Gonçalves, F. N.; Back, A. J. 2018. Análise da variação espacial e sazonal e de tendências na precipitação da região sul do Brasil. Revista de Ciências Agrárias, 41, 592-602.

Huang, J.; Sun, S.; Xue, Y.; Zhang, J. 2014. Spatial and temporal variability of precipitation indices during 1961-2010 in Hunan Province, central south China. Theoretical and Applied Climatology, 118, 581-595.

Hanson, L. S.; Vogel, R. M. 2014. Generalized storage-reliability-yield relationships for rainwater harvesting systems. Environmental Research Letters, 9, 075007.

Imteaz, M. A.; Adeboye, O. B.; Rayburg, S.; Shanableh, A. 2012. Rainwater harvesting potential for southwest Nigeria using daily water balance model. Resources, Conservation and Recycling, 62, 51-55.

Imteaz, M. A.; Ahsan, A.; Shanableh, A. 2013. Reliability analysis of rainwater tanks using daily water balance model: Variations within a large city. Resources, Conservation and Recycling, 77, 37-43.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE. 2019. Panorama. Disponível em: http:// cidades.ibge.gov.br/brasil/ba/juazeiro/-panorama. Acesso em: 24 abr. 2020.

Kendall, M. G. 1975. Rank Correlation Methods. Charles Griffin, London.

Mann, H. B. 1945. Nonparametric tests against trend. Econometrica, 13, 245-259.

Ndamani, F.; Watanabe, T. 2015. Influences of rainfall on crop production and suggestions for adaptation. International Journal of Agricultural Science, 5, 367-374.

Nigro, M. 2017. Dos riachos aos canais: o desprezo pela natureza na cidade em ambiente semiárido no Brasil (Juazeiro-BA). Salvador/BA. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal da Bahia.

Oliver, J. E. 1980. Monthly precipitation distribution: A comparative index. The Professional Geographer, 32, 300-309.

Paulhus, J. L. H.; Kohler, M. A. 1952. Interpolation of missing precipitation records. Monthly Weather Review, 80, 129-133.

Penereiro, J. C.; Fereira, D. H. L. 2011. Estatística apoiada pela tecnologia: uma proposta para identificar tendências climáticas. Acta Scientiae, 13, 87-105.

Prefeitura Municipal de Juazeiro - PMJ. 2015. Diagnóstico do plano municipal de saneamento básico. Juazeiro-BA. 414 p.

Queiroz, M. A. 2013. Avaliação de tendências em séries de precipitação diária máxima anual na faixa central do Estado de Minas Gerais. Belo Horizonte/MG. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Saneamento, Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Universidade Federal de Minas Gerais.

Rahman, S.; Khan, M. T. R.; Akib, S.; Din, N. B. C.; Bisway, S. K.; Shirazi, S. M. 2014. Sustainability of rainwater harvesting system in terms of water quality. The Scientific World Journal, 2014.

Santiago, E. J. P.; Oliveira, G. M.; Leitão, M. M. V. B. R.; Moura, M. S. B.; Gonçalves, I. S. 2017. Precipitação esperada, em diferentes níveis de probabilidade, na região de Juazeiro, BA. Journal of Environmental Analysis and Progress, 2, 457-464.

Santos, J. A.; Silva Júnior, J. B. 2016. Uso de índices de quantificação das secas para os municípios de Juazeiro-BA e Petrolina-PE.

Engenharia Ambiental: Pesquisa e Tecnologia, 13, 48-56.

Simões, Y. de S.; Cohim, E.; Araújo, H. A. de. 2017. Rainfall zoning of Bahia State, Brazil: an update proposal. Revista Ambiente e Agua, 13, 1-18.

Viola, M. R.; Avanzi, J. C.; Mello, C. R. de; Lima, S. O.; Alves, M. V. G. 2014 Distribuição e potencial erosivo da das chuvas no Estado de Tocantins. Pesquisa Agropecuária Brasileira, 49, 125-135.

Wang, G. 2008. A remark on Andrews–Askey integral. Journal of Mathematical Analysis and Applications, 341, 1487-1494.

Yue, S.; Pilon, P.; Cavadias, G. 2002. Power of the Mann-Kendall and Spearman’s rho tests for detecting monotonic trends in hydrological series. Journal of Hydrology, 259, 254-271.

Zamani, R.; Mirabbasi, R.; Nazeri, M.; Meshram, S. G.; Ahmadi, F. 2017. Spatio-temporal analysis of daily, seasonal and annual precipitation concentration in Jharkhand state, India. Stochastic environmental research and risk assessment, 32, 1085-1097.

Zhang, W.; Yan, Y.; Zheng, J.; Li, L.; Dong, X.; Cai, H. 2009. Temporal and spatial variability of annual extreme water level in the Pearl River Delta region, China. Global and Planetary Change, 69, 35-47.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v13.6.p2641-2649

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License