Condições Climáticas e Meteorológicas Associadas aos Desastres Naturais em São Luiz do Paraitinga – SP: análise dos verões de 1982 a 2014

Isabela Taici Lopes Gonçalves Horta, Gustavo Zen de Figueiredo Neves

Resumo


O estudo aqui apresentado teve como objetivo descrever as condições climáticas e meteorológicas que favoreceram a ocorrência de desastres e os respectivos danos causados pelos impactos no município de São Luiz do Paraitinga – SP, na ocorrência de nove eventos desastrosos deflagrados por chuvas. Localizado no Vale do Paraíba, o município tem um clima que se caracteriza por elevada pluviosidade, geneticamente relacionado ao litoral norte do estado de São Paulo. Sua geomorfologia é determinada pela ação das chuvas abundantes e pela alta amplitude térmica. O resultado das características climáticas e geomorfológicas é o constante extravazamento do rio Paraitinga, causando inundações constantes no município. Para análise da problemática foi realizada uma consulta ao Banco de Desastres do IPMet – Centro de Meteorologia de Bauru que possibilitou as informações detalhadas sobre os desastres ocorridos., foi utilizado os Boletins Climanálise e os dados de pluviometria do banco de dados Hidroweb. A partir da estatística descritiva foi possível verificar que os eventos desastrosos foram deflagrados por chuvas que estavam, na maioria das vezes, acima da média ou média referente à escala temporal analisada (verões de 1982 a 2014), destaca-se que esses valores altos de precipitação são considerados recorrentes para o período analisado. Quanto aos sistemas atmosféricos, tem-se que as chuvas fortes foram formadas no domínio da ZCAS em atuação conjunta com os VCANs e a Alta da Bolívia, comportamento já observado na literatura há tempo. Os apontamentos realizados no presente estudo podem embasar políticas de prevenção a desastres naturais do tipo inundação.

 

Climate and Meteorological Conditions Associated With Natural Disasters in São Luiz do Paraitinga municipality, Brazil: analysis of summers from 1982 to 2014

 

A B S T R A C T

The present study aimed to describe the climatic and meteorological conditions that favors the occurrence of disasters and the respective damages caused by the impacts in the municipality of São Luiz do Paraitinga - SP, in the occurrence of nine disastrous events triggered by rainfall. Located in the Paraíba Valley, the municipality has a climate characterized by high rainfall, genetically related to the northern coast of the state of São Paulo. Its geomorphology is determined by the action of abundant rains and the high thermal amplitude. The result of the climatic and geomorphological characteristics is the constant extravasation of the river Paraitinga, causing constant floods in the municipality. In order to analyze the problem, the consultation was carried out with the Disaster Database of the IPMet - Bauru Meteorological Center, which enabled the detailed information on the disasters that occurred, using the Climanálise Bulletins and the pluviometric data of the Hydroweb database. From the descriptive statistics it was possible to verify that the disastrous events were triggered by rains that were, more often than not, above the average or relative to the time scale analyzed (summers from 1982 to 2014), it is noted that these high values of precipitation are considered recurrent for the period analyzed. As for the atmospheric systems, it has been observed that heavy rains were formed in the domain of south atlantic convergence zone (SACZ) in conjunction with the high level cyclonic vortex (HLCV) and Alta of Bolivia, a behavior already observed in the literature for some time. The notes made in the present study may support flood prevention natural disaster prevention policies.

Keywords: Climatology, Precipitation, Flood, Natural Disasters, Social Security


Palavras-chave


Climatologia, Precipitação, Inundação, Desastres Naturais, Seguridade Social.

Texto completo:

PDF

Referências


ANA. Agência Nacional De Águas., 2009. Inventário das estações pluviométricas. 2.ed. Brasília: ANA; SGH.

ATLAS brasileiro de desastres naturais: 1991 a 2012., 2013. 2.ed. rev. ampl. UFSC/CEPED,Florianópolis.

Boin, M.N.,Zavattini, J.A., 2013. Climatologia geográfica – teoria e prática de pesquisa.Alínea,Campinas.

CLIMANÁLISE., 1986. Boletim de Monitoramento e Análise Climática. Cachoeira Paulista, SP, Brasil, INPE/CPTEC. Publicação Mensal. ISSN 0103-0019 CDU-555.5

Corsi, A.C.; Azevedo, P.B.M.; Gramani, M.F., 2012. Valoração de danos decorrente da inundação em São Luiz do Paraitinga. Revista de Gestão Ambiental e Sustentabilidade [enlinea], v.1, n.2. Disponível:http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=471647097006. Acesso: 15 mai. 2017.

EM-DAT.The InternationalDisasterDatabase.Centre for ResearchontheEpidemiology of Disasters.Disponível:https://www.emdat.be/. Acesso:8mar. 2017.

EIRD (Estratégia Internacional de Redução de Desastres)., 2004. Organização das Nações Unidas.Glosario de La Estrategia. Disponível: http://www.eird.org/esp/terminologiaesp.htm.Acesso: 27 nov. 2018.

HIDROWEB: sistemas de informações hidrológicas. Séries históricas. Disponível:

HORTA, I.T.L.G., 2017. Análise de impactos pluviais em São Luiz do Paraitinga - SP/Brasil. 2017. Dissertação (Mestrado). São Carlos, USP.

IBGE. Instituto Brasileiro De Geografia E Estatística., 2010. Malha dos setores censitários. Disponível: ftp://geoftp.ibge.gov.br/recortes_para_fins_estatisticos/malha_de_setores_censitarios/censo_2010/base_de_faces_de_logradouros. Acesso: 14 set. 2016.

Kron W, Steuer M, Löw P, Wirtz A., 2012.How to dealproperlywith a natural catastrophedatabase – analysis of floodlosses. Nat. Hazards Earth Syst. Sci. 12: 535–550.

Marcelino, E.V., 2008. Desastres naturais e geotecnologias: conceitos básicos. INPE,São José dos Campos.

MONTEIRO, C.A.F. Clima e excepcionalismo - conjecturas sobre o desempenho da atmosfera como fenômeno geográfico. Florianópolis: Ed.UFSC, 1991.

Moura, C.A., Jimenez-Rueda, J.R., Martins Coelho, J.O., 2006. O Processo pedogenético no domínio tropical atlântico - o exemplo do Vale do Paraíba do Sul/SP. In: SIMPÓSIO NACIONAL DE GEOMORFOLOGIA / REGIONAL CONFERENCE ON GEOMORPHOLOGY, 4., Goiânia. Anais... Meghalaya: InternationalAssociation of Geomorphologists.

Narváez L., Lavell A., Ortega G.P., 2009. La gestióndelriesgo de desastres: un enfoque basadoenprocesos. San Isidro: Secretaría General de laComunidad Andina.

OPAS. Organização Pan-Americana da Saúde. Ministério da Saúde., 2015. Desastres Naturais e Saúde no Brasil. Brasília, DF: OPAS, Ministério da Saúde. 56p.

Pellegrina, G.J., 2011. Proposta de um procedimento metodológico para o estudo de problemas geoambientais com base em banco dedados de eventos atmosféricos severos. 2011. Dissertação (Mestrado). Bauru, UNESP.

Quadro, M.F.L.,Pezzi, L.P., Rosa, E.B.O., 2006.Climanálise e o monitoramento da ZCAS nos últimos 30 anos. Revista Climanálise, ano 3, n.1.Disponível:http://climanalise.cptec.inpe.br/~rclimanl/revista/pdf/30anos/quadroetal.pdf. Acesso:6 jun. 2017.

WMO. World MeteorologicalOrganization. Meteoterm. Disponível:http://wmo.multitranstms.com/MultiTransWeb/Web.mvc.Acesso:05 ago. 2016.




DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v12.6.p2008-2022

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License